Iniciativa da Ordem dos Médicos tem sido um sucesso

Crowdfunding | ‘Todos por Quem Cuida’ angariou 640 mil euros na primeira semana para combater Covid-19

Crowdfunding | ‘Todos por Quem Cuida’ angariou 640 mil euros na primeira semana para combater Covid-19

Pub

 

 

Em pouco mais de uma semana, a conta solidária “Todos Por Quem Cuida” juntou mais de 640 mil euros e reuniu diverso  equipamento para ajudar os profissionais que combatem a Covid-19. A iniciativa continua aberta e a receber donativos de todos os que desejam contribuir.

O movimento “Todos Por Quem Cuida” tornou possível angariar 640.978 mil euros e reunir diverso equipamento hospitalar, equipamento para proteção individual e outro material determinante para a segurança e qualidade dos cuidados prestados aos portugueses.

A iniciativa criada pela Ordem dos Médicos e pela Ordem dos Farmacêuticos, com o apoio da Apifarma – Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica e de outras instituições da sociedade civil, continua a receber, diariamente, o apoio de inúmeras entidades e pessoas que desejam apoiar os profissionais que estão na linha da frente a combater a Covid-19.

Aberta à sociedade civil, “Todos Por Quem Cuida” possibilita a entrega de donativos financeiros, mas também de equipamentos hospitalares, equipamentos para proteção individual e outros materiais determinantes para a segurança e qualidade dos cuidados prestados aos portugueses.

Os contributos podem realizar-se através de Transferência Bancária para a Conta Solidária “Todos Por Quem Cuida”, que tem os seguintes dados:

• Conta CGD número 0646 017662 930
• IBAN PT50 0035 0646 00017662 930 21
• NIB 0035 0646 00017662 930 21

Os donativos em espécie e os pedidos de apoio podem ser comunicados à Comissão de
Acompanhamento através dos endereços de correio eletrónico todosporquemcuida@ordemdosmedicos.pt e todosporquemcuida@ordemfarmaceuticos.pt.

O apoio é destinado aos profissionais que estão na linha da frente dos centros de saúde, hospitais, farmácias, lares e de todos os outros locais, a partir de onde o cuidado ganha forma. Destina-se a apoiar médicos, enfermeiros, farmacêuticos, bombeiros, cuidadores, assistentes operacionais, secretários clínicos, secretários clínicos, técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, e tantos outros, mas, também as forças de segurança, bombeiros, cuidadores, entre outras profissões chamadas a combater a Covid-19. Este movimento responde a um apelo nacional e materializa a resposta de todos os que desejam apoiar quem cuida, reconhecendo que esta crise só será ultrapassada com a participação, a solidariedade e a união de todos.

As Ordens dos médicos e dos farmacêuticos e a indústria farmacêutica tentam assim assegurar equipamentos e dispositivos necessários para salvar vidas e proporcionar os melhores cuidados a todos os doentes com Covid-19, mas também aos que continuam a precisar de assistência por outras patologias.

Fonte: OM

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.