Paulo Cunha: ‘O futuro é obra do dia a dia’

Finanças | Famalicão encerra 2019 com contas positivas

Finanças | Famalicão encerra 2019 com contas positivas

Pub

 

 

O futuro é obra do dia a dia“, afirma Paulo Cunha referindo-se à execução orçamental de 2019 do Município de Famalicão. “Foi o que procuramos assegurar para o concelho com o exercício autárquico do ano transacto, com sentido de responsabilidade, ambição e determinação”, acrescenta o presidente da Câmara Municipal famalicense.

Agradado com os resultados, o autarca considera que esta é “mais uma etapa do processo de desenvolvimento trilhado nas linhas mestras do programa sufragado pelos famalicenses e muito concretamente nas Grandes Opções do Plano e Orçamento que apresentamos para esse ano.”

Paulo Cunha assinala que o resultado orçamental de 2019 “foi uma construção diária que não esqueceu as necessidades básicas dos cidadãos, ao nível infraestrutural, mas igualmente ao nível da cultura, do desporto, da defesa animal, do ambiente e do envolvimento comunitário, onde temos vindo a registar ganhos consideráveis, como o demonstram bem as estatísticas do Pordata – Base de Dados de Portugal Contemporâneo.”

Aposta em infraestruturas

O autarca famalicense lembra ainda que o investimento em bases indispensáveis em Famalicão não é só aquele que implica cimento e betão. “A formação cultural, social e educativa é um investimento infraestrutural tão importante quanto este, se não mais, e implica uma forte aposta do município nos recursos humanos capazes de desenvolver estes desafios”. Esta aposta traduz-se, por exemplo, no programa de descentralização cultural ‘Há Cultura’, no programa de governança ‘Famalicão Comunitário‘, no programa de construção de uma Cidade Educativa e no programa de promoção de hábitos de vida saudáveis e de desporto para todos, Mais e Melhores Anos.

Internacionalização do território

“Foi [também] um ano fortemente marcado pelo processo de internacionalização do concelho (…) através de um conjunto de parcerias institucionais muito fortes assentes no nosso programa de Diplomacia Urbana para a Internacionalização” e que em muito terão contribuído para o desenvolvimento do território.

Orçamento com saldo positivo

“Auditámos as demonstrações financeiras do município de Vila Nova de Famalicão que compreendem o balanço em 31 de dezembro de 2019 que evidenciam um total de 91 milhões de euros de despesa paga e um total de 107 milhões de receita liquida cobrada, correspondentes a um grau de execução orçamental de 81% da despesa e 95,8% da receita”. A síntese é apresentada pelo revisor oficial de contas da autarquia e diz respeito ao Relatório de Gestão e Documentos de Prestação de Contas que a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão aprovou hoje em reunião extraordinária realizada por videoconferência.

Fonte e Imagem: Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

Como qualquer outra, a Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.