Autarcas e especialistas partilham experiências e estratégias

Urbanismo | A partir de Braga, especialistas debatem a aplicação da inteligência nas cidades

Urbanismo | A partir de Braga, especialistas debatem a aplicação da inteligência nas cidades

Pub

 

 

As tecnologias de inteligência urbana podem revelar-se decisivas no suporte à tomada de decisão e à definição de medidas políticas. É com o intuito de divulgar e debater as boas práticas e as novidades nesta área que o FICIS – Fórum Internacional das Comunidades Inteligentes e Sustentáveis se realiza, a partir de Braga, entre 14 e 16 de abril próximos.

Mas, se aplicadas no âmbito de uma visão tecnocrática de cidade inteligente, podem conduzir-nos à falsa escolha entre ‘saúde pública’ e ‘privacidade’.

Futuro acontece hoje

Esta é a 6ª edição do evento que pensa as cidades em função de um presente tecnológico com o intuito de oferecer um futuro inovador e com melhor qualidade de vida. Desta feita, por força da pandemia de Covid-19, o FICIS acontece online.

Nos três dias do evento, o FICIS 2020 reunirá, em modo de partilha de ideias mas também de experiências, para lá de especialistas, nacionais e internacionais, autarcas oriundos sobretudo da região Norte de Portugal que irão debater quais os desafios que se colocam neste momento às cidades: as boas práticas e novidades nos respetivos municípios, que ações para o futuro irão desenvolver nas áreas da mobilidade, do ambiente e governança, que iniciativas sociais e modelos de dinamização económica defendem para os seus territórios.

Autarcas da região Norte marcam presença destacada 

A 14 de abril, dia de abertura do FICIS 2020, começam por estar à conversa os presidentes de quatro autarquias envolvidas num projeto de desenvolvimento comum – o Quadrilátero: Ricardo Rio (Braga), Miguel Costa Gomes (Barcelos), Paulo Cunha (Vila Nova de Famalicão) e Domingos Bragança (Guimarães).

No dia seguinte, 15 de abril, será a vez de 3 outros autarcas. Desta feita, os três envolvidos não são sequer vizinhos. Cada qual estará a implementar no terreno diferentes estratégias para desenvolverem as comunidades que lideram. Assim, poderão ser escutados Benjamim Pereira (Esposende), Sérgio Humberto (Trofa) e Vítor Paulo Pereira (Paredes de Coura).

Por fim, no último dia, 16 de abril, participarão em idêntico debate Miguel Gouveia (Funchal), António Loureiro (Albergaria-a-Velha) e Joaquim Jorge (Oliveira de Azeméis).

O debate, como em anos anteriores, será relevante em torno de áreas como a resiliência das cidades, o ambiente, a mobilidade, energia, saúde, territórios, privacidade, entre outras. Contará com a participação de alguns dos principais responsáveis e especialistas de departamentos tecnológicos de municípios (anteriormente referidos), empresas como a Microsoft, Bosch, Altice, Huawei, Cisco, EDP e dst, mas também de institutos de investigação, universidades e outras organizações nacionais e internacionais.

Participe. Registe-se.

Sessões:

– 14 abril, 10:30 | Sessão Abertura (https://bit.ly/2UZfuYF)

– 14 abril, 11:30 | Smart Technology & Inovation (https://bit.ly/2V0H7Ri)

– 14 abril, 14:30 | Building Smart Cities (https://bit.ly/3e7MKEV)

– 14 abril, 16:30 | Smart City Lab – Mayors Dialogue (https://bit.ly/2ySyCiG)

– 15 abr, 9:30 | Smart Society & Communities (https://bit.ly/3eg4TAa)

– 15 abr, 11:30 | Smart E-Commerce (https://bit.ly/2V2ueGy)

– 15 abr, 14:30 | Smart Smart Economy & Governance (https://bit.ly/3ef8r63)

– 15 abr, 16:30 | Smart City Lab – Mayors Dialogue (https://bit.ly/3a4RwiZ)

– 16 abr, 9:30 | Smart Tourism, Cultural & Natural assets (https://bit.ly/2RuP0fF)

– 16 abr, 11:30 | Smart Energy & Urban Environment (https://bit.ly/3caNTK8)

– 16 abr, 14:30 | Smart Mobility (https://bit.ly/3b2tSoT)

– 16 abr, 16:30 | Smart City Lab – Mayors Dialogue (https://bit.ly/2y6muu5)

O FICIS prossegue o desafio da inovação urbana e pretende com estes encontros deixar todos os intervenienetes melhor preparados para um “novo” futuro.

FICIS 2020 – Programa completo

Obs: Artigo atualizado em 12042020, 22h24, com inclusão de informação relativamente ao calendário do programa.

Fonte e Imagem: FICIS

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

Como qualquer outra, a Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Agenda, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.