‘Para e imagina. Como é que te consegues proteger a ti e à tua família nestas condições?’

Crowdfunding | Humans Before Borders lança campanha de angariação de fundos ‘A Solidariedade não faz quarentena’

Crowdfunding | Humans Before Borders lança campanha de angariação de fundos ‘A Solidariedade não faz quarentena’

Pub

 

“Sai do conforto de tua casa, sai do conforto do teu sofá. Pára e respira fundo. Pára e imagina. Imagina que és uma das 42.000 pessoas que estão nos campos de refugiados da Grécia. Como é que te consegues proteger a ti e à tua família nestas condições?”, perguntam-se José Cortez e Vittoria Catalfamo, com imagens de um campo de refugiados em fundo.

“Sabes que vives com toda a tua família numa tenda com 3 m2. Como é que te consegues proteger a ti e à tua família nestas condições?

É por essa razão que a plataforma cívica de origem portuguesa HuBB – Humans Before Borders inicia agora uma campanha de angariação de fundos sob o mote “A Solidariedade não faz quarentena“. A campanha destina-se a financiar o plano médico de emergência de apoio aos refugiados nos campos de Moria e Samos, na Grécia.

“Todas as medidas de prevenção que usamos contra a Covid-19 não serão possíveis nos campos de refugiados. Não há lavatórios para todos lavarem as mãos, não é possível aplicar medidas de distanciamento social, não é possível realizar quarentena numa tenda dividida por muitas pessoas, não existem cuidados médicos suficientes…”

Algumas ONGs no terreno (BRF, Kitrinos, MVI, Health Point Foundation, Med’EqualiTeam)  detalharam por isso um plano de ação que contempla os materiais, medicação e os recursos humanos e logísticos necessários para salvar vidas.

No campo de refugiados de Mória vivem atualmente cerca de 500 pessoas com mais de 60 anos ou com doenças crónicas. Não sendo possível a retirada dessas pessoas do local, muitas delas terá ali mesmo o fim das suas vidas se nada for feito em contrário. “O foco será por isso colocado na prevenção dentro do campo (material, medicação e recursos humanos de assistência). Temos o plano, temos as organizações, temos o know-how, falta-nos tempo”.

Para conseguir reunir esses meios, a HuBB – plataforma de ação e sensibilização relativamente ao tratamento desumano e ilegal de migrantes e refugiados – e diversas outras organizações não governamentais associadas estão a organizar uma campanha de angariação de 30.000,00 euros. Esperam assim conseguir salvar  mais de mil vidas, tendo em conta uma estimativa calculada de mortalidade de cerca de 3%.

Fonte e Imagens: HuBB

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.