Material adquirido pelo Município, particulares e empresas distribuído por IPSS, entidades de saúde e proteção civil

Coronavírus | Santo Tirso entrega 500 kits de proteção a lares e instituições

Coronavírus | Santo Tirso entrega 500 kits de proteção a lares e instituições

Pub

 

 

A Câmara Municipal de Santo Tirso distribuiu durante o dia de hoje, 31 de março, equipamentos de proteção individual por todas as instituições de solidariedade social com as valências de lar, Serviço de Apoio Domiciliário e Unidade de Cuidados Continuados e ainda por um conjunto de entidades nas áreas da saúde e da proteção civil do Município.

A distribuição de material por 13 instituições de solidariedade social e por oito entidades de saúde e de proteção civil resulta da aquisição direta por parte da Câmara Municipal de Santo Tirso dos equipamentos de proteção individual, nomeadamente máscaras laváveis certificadas, luvas, fatos e viseiras, e também de doações feitas por empresas e particulares deste concelho – que o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso faz questão de enaltecer -, num esforço conjunto de, numa primeira fase, fazer chegar ao terreno uma resposta rápida e adequada à fase exponencial da pandemia que está perto de chegar a Portugal.

No total, a Câmara Municipal de Santo Tirso distribuiu 500 kits de material de proteção individual, nomeadamente 5000 luvas, 1500 máscaras, 600 fatos e 600 viseiras.

A acompanhar o arranque da distribuição por todo o Município, a partir da Fábrica de Santo Thyrso, esteve o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, que considerou “a entrega dos equipamentos de proteção individual uma medida inserida numa estratégia global de combate à pandemia”, num momento em que se colocam diversos desafios a toda a comunidade e se exigem múltiplas respostas.

Para Alberto Costa, “a entrega do material de proteção individual é mais uma resposta a uma necessidade identificada no terreno e à qual era preciso fazer face, com o objetivo de proteger aqueles que estão na primeira linha do combate à Covid-19”.

O presidente da Câmara Municipal tirsense sublinhou que o executivo municipal, em diálogo permanente com os presidentes de Junta de Freguesia, Comissão Municipal de Proteção Civil e tecido institucional do Município, “tem vindo a trabalhar no sentido de desenvolver respostas adequadas e concertadas dirigidas à população em geral, às empresas e também aos grupos considerados de risco, nomeadamente àqueles que estão na linha da frente a lidar com a doença e com a situação de Emergência Nacional, ou seja, os profissionais de saúde, os agentes de proteção civil e forças de segurança a também um conjunto alargado de profissionais que prestam apoio diário nas instituições de solidariedade social aos mais vulneráveis”.

O autarca de Santo Tirso garante também que “a Câmara Municipal tudo está a fazer para, em articulação com as autoridades de saúde, encontrar as melhores soluções à medida da evolução pandémica em Santo Tirso e no País”.

Por isso, assegurou ainda o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, “estaremos brevemente em condições de colocar no terreno outras medidas destinadas à população em geral e, acima de tudo, aos grupos de risco”.

“Porque em Santo Tirso”, conclui Alberto Costa, “Todos Cuidamos de Todos”.

Foram 13 as instituições de solidariedade social, com valência de lar, Serviço de Apoio Domiciliário e Unidade de Cuidados Continuados, abrangidas pela ação de distribuição de material por parte da Câmara Municipal de Santo Tirso: Centro Social e Paroquial de Vilarinho, Associação de Solidariedade de S. Martinho do Campo, CASATIR-Centro de Ação Social de Acolhimento à Terceira Idade de Roriz, Associação do Infantário de S. Tomé de Negrelos, ASSTIR-Associação de Solidariedade Social de S. Tiago de Rebordões, Lar Familiar da Tranquilidade, S. Tiago-Associação de Solidariedade Social de Areias, Associação de Solidariedade Humanitária de Monte Córdova, Centro Social e Paroquial de Santa Cristina do Couto, ASAS-Associação de Solidariedade e Ação Social de Santo Tirso, Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso, Cooperativa de Apoio à Integração do Deficiente e Associação de Moradores do Complexo Habitacional de Ringe.

A iniciativa envolve ainda oito entidades na área da saúde e da proteção civil, designadamente o ACES Santo Tirso, o Centro Hospitalar do Médio Ave (Hospital de Santo Tirso), os Bombeiros Voluntários de Santo Tirso, os Bombeiros Voluntários Tirsenses e os Bombeiros Voluntários de Vila das Aves, a GNR (Santo Tirso e Vila das Aves) e a PSP.

 

Fonte e Imagens: Município de Santo Tirso

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.