Candidatura mobiliza cerca de 450 candidatos efetivos a delegados, entre os quais Nuno Martins (Barcelos), Maria José Gonçalves (Famalicão) e Rui Dória (Braga)

PS | Joaquim Barreto com listas de apoio à Federação Distrital de Braga em todos os concelhos

PS | Joaquim Barreto com listas de apoio à Federação Distrital de Braga em todos os concelhos

Pub

 

 

A moção apresentada sob o lema “Primeiro o distrito, primeiro o Partido!”, cujo primeiro subscritor é Joaquim Barreto que assim se recandidata à Federação de Braga do Partido Socialista, apresentou candidaturas em todo o distrito no prazo estabelecido que terminou na passada sexta-feira. Joaquim Barreto mostrou a sua satisfação “por tal facto queremos congratular-nos, agradecer e felicitar todos aqueles militantes do PS que no espírito de servir os superiores interesses do partido decidiram integrar as listas”.

Joaquim Barreto confessou ainda estar muito satisfeito por a sua candidatura envolver e mobilizar entre candidatos efetivos a delegados cerca de 450 candidatos.

“A motivação para o envolvimento nas listas foi tanta que em alguns concelhos, como é o caso de Braga, para defender a moção “Primeiro o Distrito, primeiro o Partido!”, existem duas candidaturas, duas listas de delegados ao Congresso.”, afirmou Joaquim Barreto.

Os cabeça de lista de apoio à recandidatura de Joaquim Barreto são Pedro Costa (Amares), Nuno Martins (Barcelos), Pedro Sousa / Rui Dória (Braga), Mário Machado Oliveira (Cabeceiras de Basto), Mário Sousa (Celorico de Basto), Luís Peixoto (Esposende), Pompeu Martins (Fafe), Luís Soares (Guimarães), Frederico Castro (Póvoa de Lanhoso), Márcia Carla Gomes (Terras de Bouro), Maria José Gonçalves (Vila Nova de Famalicão), Aurora Marques (Vieira do Minho), Alberto Nídio (Vila Verde), André Castro (Vizela), Vitor Mendes (Seção Gerês).

O número de delegados presentes estabelecidos pela Comissão Organizadora do Congresso é de 450. Nesta contagem de delegados, a candidatura “Primeiro o Distrito, Primeiro o Partido” parte já com uma vantagem de 28%, cerca de 120 delegados, visto que a candidatura opositora não apresentou candidatos em 6 dos 14 concelhos – Cabeceiras de Bastos, Celorico de Basto, Esposende, Gerês, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho e Vizela.

“As listas em todos os concelhos mostram que, de facto, representamos todos os militantes, todo o distrito. Esta é uma clara demonstração de coesão territorial. A nossa candidatura tem a capacidade de agregar e unir as estruturas partidária concelhias.”, analisou Barreto.

Acandidatura opositora, contrariamente ao que defende, em que se propõe unir, tem aqui um sinal que reitera precisamente o contrário, uma vez que apenas tem representação em oito dos catorze concelhos do distrito.

Joaquim Barreto estará hoje em Fafe, às 21h, no Auditório Manoel de Oliveira para mais uma ação de campanha rumo às eleições de 14 de março.

 

Fonte e Imagem: JB

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.