Animação junta tradição e contemporaneidade

Romarias | Póvoa de Lanhoso celebra S. José

Romarias | Póvoa de Lanhoso celebra S. José

 

 

As Festas de S. José 2020 estão a chegar à Póvoa de Lanhoso, pelo que o concelho povoense e as gentes ao seu redor já estão em contagem decrescente. Com mais de um século de história, as festas de S. José são o expoente da tradição popular das Terras de Lanhoso. Em 2020, vão realizar-se entre os dias 13 e 22 de Março, repletos de muita animação, com um programa vasto e diversificado e que promete atrair milhares de pessoas à Póvoa de Lanhoso. Pelo meio, claro, acontece o Dia de S. José, Dia do Pai, a 19 de Março, feriado municipal neste concelho.

Em 2020 as festas concelhias desenrolam-se entre 13 e 22 de março, período durante o qual se espera que S. Pedro ajude e que muita gente se desloque até à Póvoa de Lanhoso. O programa é abrangente. “Estas Festas são para toda a família e para todos os gostos”, afirma Avelino Silva, presidente da autarquia. “Ao apostarmos na componente infantil e em momentos para os jovens, estamos a dar um sinal claro de modernidade e de futuro para estas festas. A junção das tradições do passado com uma oferta cultural que hoje os jovens apreciam, é uma estratégia positiva de envolvimento de toda a comunidade. Da mesma forma que ao realizarmos a segunda Chega de Bois pretendemos não esquecer a componente rural do nosso concelho”, considera.

A gastronomia não é alheia a estes ingredientes que prometem ser do agrado de Povoenses e visitantes. Por estes dias, o Cabrito à S. José é rei, assim como as rochas do pilar, mas existem na Póvoa de Lanhoso muitos outros pratos que merecem ser degustados, por exemplo, através dos fins-de-semana gastronómicos “Coisas Nossas à Mesa”, que a Autarquia se encontra a promover pelo segundo ano.

Programa de festividades

O programa das Festividades Concelhias foi apresentado na tarde de segunda-feira, 24 de fevereiro, no Centro Interpretativo Maria da Fonte.

No dia 14 de março, o centro da Vila será o palco principal do programa da RTP “Aqui Portugal”, que levará as festas concelhias a todas as partes do mundo, com especial destaque até ao coração de cada Povoense emigrante.

A procissão (19 de março, dia do feriado municipal) com os seus andores asseados com flores naturais, o cortejo histórico e etnográfico (15 de março) com o tema “História da Humanidade”, as noitadas com entrada livre e em recinto coberto (Carolina Deslandes, Tiago Barbosa, X-Tense, Supa Squad, Rui Vercetti, Sound Porfile e DJ Eazy, no dia 18, na Noite da Juventude; e Ana Malhoa, na noite solidária a favor da Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga, 18 de março), o espetáculo infantil para as famílias (Ruca Mini-Show, 21 de março), o espetáculo “Caixa de Segredos” (14 de março) e a segunda edição da Chega de Bois (22 março) prometem marcar a edição deste ano.

Um pouco de história

As festas do Concelho da Póvoa de Lanhoso, e Feira Franca de S. José, são as primeiras das grandes Romarias do Minho. Com uma tradição secular, a primeira feira foi instituída em 1895.

Com uma dinâmica fundamentalmente económica, que se manteve o principal motor impulsionador e propulsor durante décadas, em que os comerciantes assumiam a sua fundamental quota parte de responsabilidade na organização e promoção das diversas iniciativas, no âmbito destas festividades, em que os principais momentos eram, naturalmente, além do concurso pecuário e da feira franca, as corridas de cavalos.

Fonte e Imagens: Município da Póvoa de Lanhoso

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Categories: Agenda, Local, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.