Ativista interveio na Assembleia Municipal contra a degradação do espaço público

Ambiente | Carlos Dobreira estranha Terras de Bouro como “o mais belo concelho de Portugal”

Ambiente | Carlos Dobreira estranha Terras de Bouro como “o mais belo concelho de Portugal”

Pub

 

 

Carlos Manuel Ribeiro Dobreira, cidadão bracarense professor de História e activista ambiental, esteve presente na sessão da Assembleia Municipal de Terras de Bouro, onde participou e aí realizou uma breve intervenção.

Em acção de caráter individual contra aquilo que considera ser a incúria pública e fazendo-se acompanhar por 2.775 beatas de cigarro, por si apanhadas nas ruas da vila, o activista pronunciou-se publicamente sobre a necessidade de promoção de ações de plogging e a adopção de medidas de redução da acumulação de resíduos no concelho.

Na mesma iniciativa, o praticante de plogging deixou também um apelo para a redução da pegada ecológica visível nos terrenos onde está a ser construído o Parque da Vila.

As intervenções efectuadas foram sustentadas na observação diária da construção do Parque da Vila, localizado frente ao Pavilhão Gimnodesportivo e na ação de plogging “Terras de Bouro. What else!“, a qual já proporcionou, em 5 horas e 2 minutos, a recolha de 2 775 beatas de cigarro e 180 litros de resíduos recicláveis e lixo indiferenciado. Os números atingidos correspondem a três sessões realizadas a 31 de janeiro, a 5 e 6 de fevereiro.

De referir que a Câmara Municipal de Terras de Bouro, no seu site, intitula Terras de Bouro – Reserva Mundial da Biosfera – como o “concelho mais belo de Portugal“.

 

Fonte e Imagens: CMRD

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.