‘Vamos ao Mercado’ aprofunda a “consciência ecológica” da população vimaranense

Ambiente | Campanha para redução do uso de plástico arrancou hoje no Mercado Municipal de Guimarães

Ambiente | Campanha para redução do uso de plástico arrancou hoje no Mercado Municipal de Guimarães

Pub

 

Vamos ao Mercado” é a mensagem a ser distribuída em sacos de pano – como se usavam antigamente -, que o Município de Guimarães escolheu para promover o consumo dos produtos e da cultura locais em detrimento dos plásticos frequentemente utilizados.

A população do concelho está cada vez mais sensibilizada e consciente para a preservação do ambiente. Esse reconhecimento verificou-se esta sexta-feira, 20 de dezembro, no arranque da iniciativa desenvolvida pela respetiva Câmara Municipal para a redução do uso do plástico ao entregar quatro mil sacos de panos no Mercado Municipal.  “Este saco é para ser utilizado no dia-a-dia em vez do plástico”, aconselhou Domingos Bragança, no contacto com os Vimaranenses.

O autarca destacou a captação da mensagem que tem sido uma prioridade no âmbito da estratégia ambiental assumida pelo Município. “As pessoas estão informadas, reconhecem os efeitos nefastos do uso do plástico para o meio ambiente, e reconhecem que este trabalho tem de ser feito”, afirmou. Domingos Bragança sublinhou a importância de “reduzir ao máximo a utilização do plástico e utilizar os materiais biodegradáveis, nomeadamente o tecido. Estes sacos de pano que distribuímos pelas pessoas é apenas um exemplo, na medida em que seja seguido por todas as pessoas”, salientou ainda o Presidente da Autarquia vimaranense.

A reação dos comerciantes e consumidores presentes foi muito positiva, sendo “um fator de distinção cultural”, na opinião de Domingos Bragança e “um autêntico sinal que as pessoas têm uma forte consciência ecológica e querem dar o seu contributo para tratar do nosso futuro”, constatou

Esta campanha tem como objetivo a entrega de quatro mil sacos de pano aos comerciantes do Mercado Municipal, para distribuição pelos seus clientes com vista a sensibilizar para a diminuição do uso de plástico.

Esta ação insere-se na estratégia de Guimarães e da Estrutura de Missão 2030 para o desenvolvimento sustentável e do plano de ação elaborado com vista à diminuição do uso de plásticos, decorrente do compromisso assumido pelo Município de Guimarães na redução da utilização de plástico de uso único no Fórum Ambiental da Eurocities, em outubro de 2019.

A produção global de plástico aumentou 20 vezes desde a década de 1960. Todos os anos, os europeus produzem 25 milhões de toneladas de resíduos plásticos, dos quais menos de 30% são recolhidos e reciclados, enquanto que 85% do lixo plástico é encontrado nas praias de todo o mundo. As Nações Unidas estimam que apenas 9% do plástico é reciclado globalmente, sendo os sacos plásticos o segundo maior resíduo encontrado à superfície do mar.

Esta medida insere-se também na Diretiva Europeia 2015/720, de 29 de abril de 2015, que refere que o nível de consumo anual não exceda os 40 sacos de plástico leves por pessoa até 31 de dezembro de 2025.

Esta ação visa ainda o objetivo 12 do ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas), relativamente à produção e consumos sustentáveis dado que reflete a minimização da produção de resíduos e o incentivo da compra dos produtos no mercado municipal.

Fonte e Imagens: Município de Guimarães

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.