‘Para onde o destino nos levar’ é romance de amor prefaciado por Pedro Chagas Freitas

Livros | Ricardo Pereira lança o seu primeiro romance na Casa das Artes de Famalicão

Livros | Ricardo Pereira lança o seu primeiro romance na Casa das Artes de Famalicão

Pub

 

 

Para onde o destino nos levar” é o primeiro romance da autoria do jornalista famalicense Ricardo Ribeiro, que será lançado a 14 de dezembro, pelas 15h30 horas, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão. A narrativa conta a ficcionada e improvável história de amor de Angelina – uma açoriana emigrada no Canadá e ávida por descobrir um mundo novo que o destino conduz até à cidade de Famalicão -, onde acaba por conhecer António – um professor de história – por quem se apaixona.

Separados pela distância, esta história de amor nasce através da leitura de uma simples carta de amor e que dá início a uma extraordinária mudança na vida de ambos até às distantes e paradisíacas ilhas das Bermudas.

“Bastava que Angelina irrompesse casa adentro, como um raio quente de sol nas manhãs frias de inverno, cantando para a sua querida “Melinha” a música favorita de ambas: uma tal de “Amélia dos olhos doces” de Carlos Mendes, que ambas tantas vezes escutavam na Rádio Atlântida. Não era apenas música para os ouvidos de uma mãe, era a confirmação de um estado de alma, que sabia ser de felicidade para a sua mais nova e se uma estava feliz a outra também, que estas coisas da ligação umbilical não se explicam pelas palavras…”

O livro é prefaciado pelo escritor Pedro Chagas Freitas, que garante: “Somos viciados em amor. Todos. Mesmo todos. No que nos liga ao outro e que assim, num movimento sempre inexplicável e sempre fascinante (ou: fascinante porque inexplicável), acaba por nos ligar ainda mais a nós. No amor do marido, da namorada, da mulher, do amigo. No amor a um sonho – ou a vários. Somos todos viciados em amor.

É pela junção dessas duas verdades que este livro, como uma espécie de ilusionismo, merece ser lido. Porque nos traz um grande contador de histórias e um grande amor”.

Ricardo Ribeiro é jornalista desde 1992, com passagens por várias rádios e jornais do norte do país. Nascido na cidade de Vila Nova de Famalicão, em 1975, desde cedo revelou o gosto pela escrita, acompanhando o seu avô – colaborador do Jornal de Famalicão – nas várias deslocações à redação daquele semanário famalicense.

Ainda jovem, aos 17 anos, iniciou a sua carreira como locutor da rádio Cidade Hoje. Seguiram-se a Rádio Vila Nova, Digital FM, Rádio Cávado, Rádio Barcelos, Rádio Fundação, Fama TV, Invicta TV e Sport TV. Foi vencedor do concurso “Cartas de amor” promovido pelo Município de Famalicão no ano de 2015 e venceu ainda por duas vezes a categoria de melhor letra das festas Antoninas da cidade de Vila Nova de Famalicão, em 2017 e 2018. Atualmente é jornalista da Sport TV e este é o primeiro livro do autor.

Fonte e imagens: RR

**
*
Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.
A Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.