GNR, autarquias de Vila do Conde e instituições unem-se para proteger idosos

Segurança | Retorta realiza ação de sensibilização ‘Apoio 65 – Idosos em Segurança’

Segurança | Retorta realiza ação de sensibilização ‘Apoio 65 – Idosos em Segurança’

Pub

 

 

Na Junta de Freguesia de Retorta , em Vila do Conde, realiza-se mais mais uma sessão de esclarecimento Apoio 65 – Idoso em Segurança” no próximo dia 6 de dezembro, pelas 15h00.

No âmbito deste Programa, o Município de Vila do Conde, em colaboração com a Guarda Nacional Republicana (GNR), Juntas e Uniões de Freguesias e Instituições Particulares de Solidariedade Social, tem vindo a realizar sessões de esclarecimento abertas de forma regular, direcionadas essencialmente à população com mais de 65 anos.

Estas sessões enquadram-se na Ação Censos Séniores 2019 da Guarda Nacional Republicana que está a decorrer a nível nacional. As ações iniciaram-se em todo o território nacional em outubro passado. No âmbito do Policiamento Comunitário, a GNR visa identificar a população idosa, que vive sozinha e/ou isolada, com o objetivo de atualizar os registos das edições anteriores e identificar novas situações.

Estas ações têm como objetivo incentivar à adoção de comportamentos de segurança de modo a diminuir o risco de serem vitimas de ações criminosas, nomeadamente de burlas e roubos, mas também de situações de violência e prevenção de comportamentos de risco associados ao consumo de álcool.

Em complemento, os militares recolhem os elementos necessários para a elaboração de um mapa com a localização georreferenciada de todas as famílias aderentes ao projeto. Esta identificação geográfica torna assim mais eficazes as ações de patrulhamento e a vigilância dos militares da GNR, traduzindo-se numa resposta policial mais célere.

Na edição de 2018 da operação “Censos Sénior”, a GNR sinalizou 45 563 idosos que vivem sozinhos e/ou isolados, ou em situação de vulnerabilidade, em razão da sua condição física, psicológica, ou outra que possa colocar a sua segurança em causa. As situações de maior vulnerabilidade foram reportadas às entidades competentes, sobretudo de apoio social, no sentido de fazer o seu acompanhamento futuro.

Desde 2011, ano em que foi realizada a primeira edição da Operação “Censos Sénior”, a Guarda Nacional republicana tem vindo a atualizar a base de dados geográfica, então criada, proporcionando assim um melhor apoio à nossa população idosa, o que certamente contribui, por um lado, para a criação de um clima de maior confiança e de empatia entre os idosos e os militares da GNR e, por outro, para o aumento do seu sentimento de segurança.

 

Fontes: Município de Vila do Conde, GNR; Imagem: GNR

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.