Centro de Formação Permanente para Extração entra em funcionamento em 2020

Automobilismo | Museu do Automóvel de Famalicão passa a ter Centro de Formação Permanente de Extração da FPAK

Automobilismo | Museu do Automóvel de Famalicão passa a ter Centro de Formação Permanente de Extração da FPAK

Pub

 

 

Depois da Escola de Restauro Automóvel, a partir do próximo ano, o Museu do Automóvel Antigo e Clássico de Vila Nova de Famalicão vai contar com um “Centro de Formação Permanente para Extração” criado pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), com ações de formação sobre os procedimentos de socorro necessários para a retirada de pilotos e co-pilotos do interior de veículos de alta competição acidentados. A criação desta estrutura no museu famalicense foi aprovada no final da semana passada na Assembleia Geral da FPAK.

Estas ações de formação serão coordenadas e desenvolvidas por elementos acreditados pela Federação Internacional do Automóvel, com foco inicial nos associados FPAK e nas equipas de Associações Humanitárias.

O novo Centro de Formação contará com componente teórica e prática, recorrendo a três modelos de cockpit utilizados nos diversos campeonatos do desporto automóvel.

Recorde-se que o Museu do Automóvel Antigo e Clássico está instalado em Famalicão, mais concretamente no Lago Discount, em Ribeirão, desde setembro de 2013, e é ponto de passagem obrigatória para colecionadores e admiradores da indústria automóvel. Integra a Rede de Museus de Famalicão e tem patente um espólio de grande riqueza constituído por cerca de uma centena de carros e motas antigas e que acompanha a evolução do design automóvel ao longo do século XX.

O Museu do Automóvel Antigo e Clássico tem também em funcionamento uma Escola de Restauro Automóvel, um projeto de formação profissional inovador que junta o museu e a Escola Profissional CIOR, e uma Escola de Educação Rodoviária vocacionada para o ensino dos mais jovens.

Fonte e Imagem: Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.