‘Matança do porco’ à moda antiga permite manter tradições e angariar fundos a favor de associações da freguesia

Gastronomia | Antas realizou com sucesso primeira Feira Gastronómica

Gastronomia | Antas realizou com sucesso primeira Feira Gastronómica

Pub

 

 

Superou as expetativas, traduzindo-se num sucesso, a primeira edição da Feira Gastronómica – Matança do porco, que a Junta de Freguesia de Antas, em Esposende, levou a efeito no passado fim-de-semana, dias 9 e 10 de novembro, no Recinto Paroquial de S. Paio de Antas. O evento foi organizado em parceria com as associações locais e o apoio da Fábrica da Igreja Paroquial de S. Paio de Antas e da Esposende TV,

Não obstante as condições climatéricas adversas, o certame registou elevada participação ao longo dos dois dias. Com efeito, foram muitos os que aproveitaram a oportunidade para degustar as sugestões gastronómicas confecionadas com carne de porco – enchidos, rojões e demais iguarias – e onde não faltou também a doçaria tradicional. O ambiente foi de convívio e confraternização e a boa disposição foi uma constante, com a animação musical a cargo do Grupo de Zés P’reiras de Antas, Grupo de Cantares e Dançares de S. Paio de Antas, Coral Polifónico de Antas e grupo Terr’Alegre.

Angariar fundos, mantendo as tradições

O evento pretendeu reavivar a tradição popular da matança do porco – tal como se realizava outrora nas casas de lavoura -,  promover a gastronomia e fomentar o convívio entre os participantes, tendo subjacente também a angariação de fundos para as coletividades da freguesia, que, desde a primeira hora, aderiram à iniciativa, designadamente o Antas Futebol Clube, a Associação Rio Neiva, Banda de Música de Antas, o Clube de Caça e Pesca, o Coral Polifónico de Antas, o Grassa – Grupo de Ação de Solidariedade Social de Antas, o Grupo de Cantares e Dançares de S. Paio de Antas, o Grupo de Zés P’reiras de Antas e o Grupo de Jovens Esperança.

Em jeito de balanço, o Presidente da Junta de Freguesia de Antas, José Viana, traça um balanço “francamente positivo” desta primeira edição, garantindo que “correu bastante bem e foi vantajoso para as associações que, através desta iniciativa, conseguiram angariar receitas para apoiar as atividades que desenvolvem”.

Para lá de exprimir agradecimentos a todos quantos contribuíram para a concretização desta primeira edição da Feira Gastronómica de Antas, bem como àqueles que, através do seu apoio e divulgação, contribuíram para o êxito da mesma, José Viana, o autarca da freguesia, garante que “este evento é, sem dúvida, para continuar, embora haja arestas a limar e aspetos a melhorar; mas a semente está lançada e agora resta-nos trabalhar para que no próximo ano corra ainda melhor”.

Fonte e Imagem: JF de Antas

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.