notícia . análise . contexto . opinião

Sessão integrada nas comemorações dos 250 anos da igreja poveira

Conferência | ‘Arte e Igreja’ na Igreja da Lapa da Póvoa de Varzim

Conferência | ‘Arte e Igreja’ na Igreja da Lapa da Póvoa de Varzim

Pub

 

 

Arte e Igreja” foi o tema escolhido por José Paulo Leite de Abreu para a primeira conferência no âmbito das comemorações dos 250 anos da Igreja da Lapa, na Póvoa de Varzim.

O evento vai acontecer no dia 15 de novembro, às 21h30, na Igreja da Lapa, e é organizado pelo Museu Municipal da Póvoa de Varzim.

Datada de 15 de agosto de 1772, a Igreja de Nossa Senhora da Lapa, situada no Bairro Sul da Póvoa de Varzim, festeja os seus 250 anos em 2022. No entanto, as comemorações tiveram início no passado mês de fevereiro. “Arte e Igreja” será, então, a primeira de um ciclo de conferências que se irá estender até 2022.

José Paulo Leite de Abreu nasceu em 1959. Do seu currículo constam o curso de Teologia pelo Instituto Superior de Teologia da Universidade Católica Portuguesa (Braga), a licenciatura pela Pontifícia Universidade de São Tomás de Aquino (Roma) e o doutoramento pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma). É professor auxiliar da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa (Braga). As suas áreas de especialização e interesse são: história da Igreja, história da arte, direito canónico e museologia. Investigador integrado (doutorado) na equipa do Centro de Estudos de História Religiosa (CEHR). É responsável pela Pastoral Universitária na Arquidiocese de Braga.

Fonte: Município da Póvoa de Varzim; Imagens: (0) Paróquia da Lapa, (1) Município da Póvoa de Varzim, (2) José Paulo Leite de Abreu

 

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.