Estreitar relações entre comunidades

Comunidade | Festa Intercultural promove integração das comunidades imigrantes em Famalicão através da arte

Comunidade | Festa Intercultural promove integração das comunidades imigrantes em Famalicão através da arte

Pub

 

 

Um fim-de-semana inteiro dedicado à interculturalidade, em que as diferentes comunidades que habitam o concelho de Vila Nova de Famalicão vão mostrar as suas tradições mais genuínas através da arte. Vai ser assim a Festa Intercultural que decorre no próximo sábado e domingo, dias 19 e 20 de outubro, na Praça D. Maria II.

O evento insere-se na International Week 2019 que arranca esta quinta-feira, com inúmeras atividades, que vão trazer o mundo até Famalicão.

A Festa Intercultural cumpre esse mesmo propósito contribuindo ainda para um estreitamento das relações entre as diferentes comunidades residentes no concelho.

Música da Ucrânia, poesia de Angola, dança do Brasil e Cuba, circo da Colômbia, são algumas das apresentações agendadas, às quais se juntam ainda os ritmos africanos e os concertos dos jovens artistas de Inglaterra.

Há muito para ver, ouvir e participar com dois dias repletos de animação, lazer e convívio.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, o evento assume “uma importância social enorme para o concelho, promovendo o convívio, o respeito e a partilha de culturas entre pessoas diferentes que dividem o mesmo território”. Por outro lado, a iniciativa “enriquece a agenda cultural do município trazendo novos eventos e novas artes aos nossos espaços”.

Em Vila Nova de Famalicão, a imigração faz-se representar essencialmente através de cidadãos do Brasil (38 %), Ucrânia (20,1%) e China (7,8 %). Segue-se a Angola (3,8 %); Espanha (3,1) e França (3%).

Fonte e Imagens: Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.