Vimaranenses poderão trocar pontos obtidos na reciclagem por prémios

Ambiente | Guimarães envolve parceiros em ‘Tropa Verde’ para recolha seletiva de resíduos

Ambiente | Guimarães envolve parceiros em ‘Tropa Verde’ para recolha seletiva de resíduos

Pub

 

 

Guimarães é o primeiro Município em Portugal a aderir ao projeto “Tropa Verde”, que visa premiar os cidadãos que reciclam, através da plataforma e protocolo de colaboração com vários parceiros. A apresentação do projeto teve lugar hoje, segunda-feira, 14 de outubro, numa sessão pública aberta a todos os parceiros que manifestaram vontade em se associarem a este projeto ambiental. A Câmara Municipal de Guimarães, através do Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente, é a responsável pelo lançamento do projeto.

O projeto “Tropa Verde” pretende recompensar os cidadãos que façam a separação dos seus resíduos, através da criação de uma plataforma digital onde o cidadão poderá trocar as suas estrelas (pontos) que recebe no momento em que entrega os seus resíduos recicláveis por descontos ou ofertas de produtos ou serviços. Deste modo, recompensa-se diretamente o cidadão pelo seu comportamento sustentável, responsável e amigo do ambiente.

Este é um projeto internacional. Assinale-se que Santiago de Compostela (Espanha) foi a primeira cidade europeia a implementar o projeto e os resultados foram bastante positivos, conseguindo envolver aproximadamente 30% da população. Além disso, recorde-se que, em fevereiro passado, esta cidade, Nice (França), Pavlos Mela (Grécia), Budapeste (Hungria), Opole (Polónia) e Guimarães (Portugal), estiveram reunidos no Laboratório da Paisagem, em sessões de trabalho, para conhecerem os procedimentos, as etapas e a logística que envolve a implementação do Tropa Verde, um dos projetos integrantes do programa URBACT.

Como na altura, explicou Sofia Ferreira, Vereadora do Ambiente, este projeto pretende “sensibilizar e motivar as pessoas para a recolha de resíduos“, responsabilizando os cidadãos pela adotação de hábitos mais eco-conscientes e garantindo vantagens através da adesão a serviços ou espaços comerciais. Neste âmbito, os parceiros beneficiam de promoção dos seus serviços de uma forma direta, associando-se ainda às boas práticas ambientais.

Neste âmbito, reside a ideia-chave do projeto: congregar um conjunto variado de parceiros que disponibilizem, na plataforma digital, os descontos nos seus produtos ou na sua atividade, tornando-os aderentes ao projeto. Dalila Sepúlveda salientou que “é crucial deter um conjunto variado de parceiros, que disponibilizem, na plataforma digital, os descontos nos seus produtos ou na sua atividade, tornando-os aderentes neste projeto e dessa forma criem um incentivo para que os utilizadores passem a reciclar mais e em contrapartida os aderentes vejam a sua marca associada a um projeto europeu pioneiro ao nível ambiental”.

No fundo, o que deseja é que os munícipes vimaranenses aumentem a reciclagem dos seus resíduos reduzindo aqueles que são passíveis de serem reciclados na fração indiferenciada.

A reunião de hoje poderá ser um passo fundamental para o aumento da recolha seletiva em Guimarães. Se pretender associar-se ao projeto, inscreva-se através do e-mail: dsua@cm-guimaraes.pt.

O Município de Guimarães e a VITRUS Ambiente são as entidades responsáveis pela implementação e gestão do projeto, sempre com o apoio da Resinorte.

Fonte e Imagens: Município de Guimarães, Vitrus Ambiente; Imagens: Município de Guimarães

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.