Metade das famílias portuguesas tem pelo menos um animal de companhia e muitas delas não conseguem ou têm dificuldade em tratar dos seus animais

Ordem dos Veterinários ‘implementa’ Sistema Nacional de Saúde Animal

Ordem dos Veterinários ‘implementa’ Sistema Nacional de Saúde Animal

Pub

 

 

Celebra-se a 4 de outubro o Dia do Médico Veterinário e o Dia Mundial do Animal. Estas datas são assinaladas pela Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) com a realização da 3.ª edição do Open Day, que contará com a participação dos profissionais da classe, bem como com a organização de uma Cerimónia Comemorativa no Funchal, Madeira, com a presença de várias edilidades regionais. Ali se dará também a conhecer o cheque-veterinário e o ‘Sistema Nacional de Saúde Animal’.

Estão registados em Portugal cerca de 6,7 milhões de animais de estimação a habitar mais de dois milhões de lares portugueses, o que significa que acima de metade das famílias tem pelo menos um animal de companhia em casa. E, segundo um estudo recente da GFK Portugal, a saúde dos seus animais é uma das principais preocupações, sendo que 90% e 70% dos inquiridos garantem levar, respetivamente, os seus cães e gatos a consultas veterinárias.

Ordem dos Veterinários quer baixar IVA sobre Saúde Animal

Tendo em consideração estes números, Jorge Cid, Bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários (OMV), faz questão de alertar que, “mesmo com parcos recursos financeiros, há muitos donos que não hesitam em tratar os seus animais, pelo que a manutenção de uma taxa de IVA no seu escalão máximo, 23%, é de uma perfeita injustiça para todos”, deixando um apelo ao Governo no sentido da sua alteração. Ainda para mais, acrescenta o responsável, quando a Medicina Veterinária “é a única profissão de saúde com semelhante taxa atribuída, uma condicionante que evidentemente marca a atuação e o dia a dia da classe”. E sobretudo pode pôr em causa “a saúde pública no caso das famílias que não têm capacidade de custear consultas e tratamentos dos seus animais de estimação”, remata o Bastonário.

Open Day dá a conhecer ‘Sistema Nacional de Saúde Animal’ 

De forma a dar resposta a esta realidade, a OMV criou o Programa de Apoio de Saúde Preventiva a Animais em Risco, mais conhecido como Cheque Veterinário, ao qual várias Câmaras Municipais e Centros de Atendimento Médico-Veterinários já aderiram, estando outros em fase de apreciação.

Com esta Rede Nacional entre Municípios e Centros de Atendimento Médico-Veterinários, foi implementado o que pode ser considerado um verdadeiro ‘Sistema Nacional de Saúde Animal’.  Segundo Jorge Cid, tendo em conta o “crescente aumento da adesão por parte dos Municípios, [nomeadamente Vila Nova de Famalicão], facilmente se aumentaria o alcance deste programa e, em consequência, criar-se-ia uma rede nacional, sobretudo para os animais errantes a cargo dos municípios, e colónias de gatos, bem como para animais de famílias carenciadas, para além dos idosos”, o que, no entender do Bastonário, permitiria cuidados “dignos aos animais com e sem tutores, com a cooperação da classe médico-veterinária”.

E precisamente para sensibilizar a população quanto à importância da profissão e assim integrar a sociedade civil nesta celebração, convidando todos os interessados a participar ativamente neste dia, a OMV organiza em conjunto com várias clínicas e profissionais da área a 3.ª edição do Open Day, uma iniciativa que vai proporcionar a visita aos locais onde os Médicos Veterinários exercem a sua atividade nas mais diversas áreas de atuação, para desta forma apresentar ao público visitante a sua atividade diária de trabalho.

animais de estimação - animais de companhia - cheque-veterinário - sistema nacional de saúde animal - ordem dos médicos veterinários

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

Imagens: OMV

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Visite também os nossos anunciantes.

Gratos pela sua colaboração.

Pub

Categorias: Agenda, Animalia, Comunidade, Saúde

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.