Alberto Costa: Adesão superou as expectativas

Mobilidade | Santo Tirso pedalou bem em primeiro mês de atividade das bicicletas elétricas de uso partilhado

Mobilidade | Santo Tirso pedalou bem em primeiro mês de atividade das bicicletas elétricas de uso partilhado

Pub

 

 

O novo meio de transporte de Santo Tirso ganhou 699 utilizadores no primeiro mês de atividade do projeto ciclista Pedala e, de acordo com os dados estatísticos, já foram realizadas 3424 viagens. “A adesão superou as expetativas”, reconhece o presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa, esperando que a população encare este sistema partilhado de bicicletas como uma alternativa à utilização do automóvel.

 

 

Em funcionamento desde 6 de agosto passado e, volvido um mês, já existem 699 utilizadores registados na plataforma Pedala. Segundo o autarca, os números “são muito animadores”, mas “é necessário que as pessoas continuem, de facto, a utilizar as bicicletas como um meio de transporte e não apenas como um serviço de lazer”. “O objetivo das Pedala é ser um novo meio de transporte em Santo Tirso”, observa.

Para além do número de inscritos que tiraram o passe Pedala, com um valor anual de três euros, são também animadores o número de viagens realizadas pelas 35 bicicletas que integram o programa: um total de 3424 viagens.

Questionado sobre o facto de terem sido registados alguns problemas, Alberto Costa admite que durante o primeiro mês de atividade do programa Pedala tiveram de ser feitas algumas correções: “A adesão foi muito grande e, sendo o arranque de um projeto no Município de Santo Tirso, era natural que o sistema tivesse de ser ajustado nos primeiros tempos”.

Por outro lado, o presidente da autarquia alerta, também, para situações “de má utilização das bicicletas” e até “vandalismo em alguns casos”. “Aproveito para fazer um apelo, porque este foi um investimento importante da Câmara de Santo Tirso que é dirigido às pessoas e, por isso, é necessário estimar os equipamentos”, alude Alberto Costa.

O programa “Pedala Santo Tirso” é composto por 35 bicicletas elétricas para uso partilhado. No perímetro urbano da cidade, foram criados sete postos, onde já é possível levantar e devolver as bicicletas, que estão localizados nas traseiras da Câmara Municipal, na Estação de Caminhos de Ferro, Central de Transportes, Fábrica de Santo Thyrso, Rua Nova da Telheira e nas escolas D. Dinis e Tomaz Pelayo.

O serviço está disponível todos os dias da semana, entre as 7h00 e as 23h00, sendo o tempo máximo de cada utilização da bicicleta é de quatro horas. As “Pedala” podem ser devolvidas em qualquer estação espalhada pela cidade no próprio dia em que são levantadas.

Os utilizadores do Pedala Santo Tirso devem ter idade igual ou superior a 14 anos e efetuar um registo no Espaço do Munícipe ou na Loja Interativa do Turismo, mediante o pagamento anual de três euros. É ainda possível utilizar o serviço esporadicamente, mediante o pagamento de um euro, acrescendo três euros de caução.

De 16 a 22 de setembro, Santo Tirso assinala a Semana Europeia da Mobilidade

Santo Tirso associa-se à Semana Europeia da Mobilidade com diversas iniciativas que irão permitir a todos os munícipes desfrutar de uma semana de atividades gratuitas, dedicadas à mobilidade sustentável.

 

Fonte e Imagem: Município de Santo Tirso

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.