Candidatos famalicenses: Jorge Paulo Oliveira, Firmino Vila Verde Costa e Paula Cristina Santos

Legislativas | PSD de Famalicão apresenta candidatos e avança para pré-campanha

Legislativas | PSD de Famalicão apresenta candidatos e avança para pré-campanha

Pub

 

 

A Comissão Política Concelhia do Partido Social Democrata (PSD) de Vila Nova de Famalicão arrancou com a pré-campanha eleitoral rumo às Eleições Legislativas de 6 de outubro de 2019 com a apresentação pública dos dois candidatos do concelho que integram as listas de candidatos do PSD às legislativas pelo distrito de Braga: Jorge Paulo Oliveira e Paula Cristina Santos. A iniciativa aconteceu ontem, segunda-feira, 2 de setembro, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco.

 

 

Para lá dos candidatos famalicenses Jorge Paulo Oliveira, que ocupa o 5.º lugar da lista, Firmino Vila Verde Costa, 11º candidato da lista apresentada pelo círculo eleitoral bracarense, e de Paula Cristina Santos, que aparece em 17.º lugar,  apresentados por Paulo Cunha, presidente da concelhia e mandatário de Famalicão para as eleições legislativas, a sessão contou também com a presença do cabeça de lista distrital, André Coelho Lima.

“Aquilo que fiz nos últimos quatro anos, é aquilo que eu quero continuar a fazer nos próximos quatro. Ser o representante de todas as sensibilidades deste concelho, dar-lhe expressão, visibilidade e dimensão”. É com as marcas da proximidade, do compromisso e da responsabilidade que Jorge Paulo Oliveira se apresentou ontem aos famalicenses como a referência maior do concelho nas listas de candidatos do PSD às legislativas pelo distrito de Braga.

Paulo Cunha fala de Jorge Paulo Oliveira como uma “aposta segura, um deputado à Assembleia da República que enobrece a condição de deputado, um famalicense que nos orgulha cada vez mais pela sua prestação parlamentar e pela sua dedicação enquanto cidadão.” “Sei que os famalicenses, continuando a ter o Jorge Paulo Oliveira no Parlamento, vão andar com a cabeça levantada no dia-a-dia, orgulhosos de terem em Lisboa, na casa-mãe da democracia, um cidadão que diariamente nos faz ganhar e reganhar condições para que possamos afirmar o nosso concelho. Estou certo de que nenhum famalicense ignora os mandatos de excelência que o Jorge Paulo Oliveira desenvolveu até agora.”

André Coelho Lima tem “orgulho” por encabeçar uma lista marcada pela “proximidade e pela afirmação”. “São estas as palavras que melhor definem esta candidatura do PSD no distrito de Braga, desde logo porque é a única que apresenta pessoas exclusivamente do distrito, o que não deixa de ser um sinal da confiança por parte do presidente do partido nos quadros locais”, disse, acrescentando que todos os nomes que integram a lista “têm actual ou passado histórico de serviço à comunidade e estão habilitadas a baterem-se pela afirmação do território e das suas gentes”.

Confiança no trabalho desenvolvido é coisa que não falta a Jorge Paulo Oliveira. “Procurei ao longo da legislatura, que está prestes a terminar, levar para o parlamento, levar para o centro do debate político de Portugal as necessidades, os anseios, as expectativas e as aspirações de todo este território”, lembrou, enumerando um conjunto vasto de iniciativas parlamentares que desenvolveu e que demonstram que a sua condição de famalicense não foi ignorada ao longo de todo o trabalho desenvolvido.

A denúncia da degradação dos serviços públicos em Vila Nova de Famalicão, a introdução no debate parlamentar da temática do fecho de serviços públicos e a diminuição da presença do estado neste território, as várias interpelações ao governo sobre problemas locais, a defesa intransigente do território em sede de debate parlamentar em assuntos comoa despoluição da Bacia Hidrográfica do Ave, a criação das instâncias centrais cível e criminal no Tribunal de Vila Nova de Famalicão e a criação do subdestacamento territorial da GNR de Famalicão, que permitiria reforçar o quadro de efetivos e dotar o concelho de unidades importantes como o Núcleo de Investigação Criminal e o Núcleo de Proteção do Ambiente, foram alguns dos exemplos que Jorge Paulo Oliveira lembrou e que levam Paulo Cunha a falar num “mandato de excelência que é preciso continuar”.

Sob o mote ‘Portugal precisa, Famalicão precisa‘, a apresentação pública dos candidatos famalicenses abre um ciclo de visitas temáticas dos candidatos ao movimento cívico e associativo famalicense para auscultação das dinâmicas e necessidades das instituições famalicenses que prestam relevante serviço público. Entre outras, ainda hoje mesmo Jorge Paulo Oliveira realizará uma visita a uma das mais relevantes instituições concelhias na área, a Engenho, em Arnoso Santa Maria. Envelhecimento, saúde mental e dependências, deficiência e crianças e jovens em risco, são os temas eleitos para a primeira semana de trabalho de campo dos candidatos.

Licenciado em Direito, Jorge Paulo Oliveira é advogado de profissão tendo sido eleito deputado à Assembleia da República nas últimas duas legislaturas pelo círculo de Braga pelo Partido Social Democrata. Foi Vereador da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão com os Pelouros do Urbanismo, Habitação, Reabilitação Urbana, Trânsito e Transportes no mandato 2002-2005 e com os Pelouros da Habitação, Família, Juventude, Desporto, Trânsito e Transportes no mandato 2005-2009. Foi Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão entre 2002-e 2006. É deputado à Assembleia da República desde 2011. Atualmente é ainda Presidente da Assembleia da União das Freguesias de Vila Nova de Famalicão e Calendário, Membro do Conselho Nacional dos Autarcas Social Democratas, Vice-Presidente da Comissão Politica Concelhia do PSD de Vila Nova de Famalicão e Deputado à Assembleia Municipal de Vila Nova de Famalicão.

Firmino Vila Verde Costa, economista, é presidente da JSD de Braga.

Natural de Ribeirão, Paula Cristina Santos é professora e assume a presidência do núcleo do PSD de Ribeirão. É a primeira vez que é candidata às eleições legislativas.

A ambição de “afirmar este território” a nível nacional é o desejo de todos os candidatos desta lista preenchida em exclusivo por naturais ou residentes em Braga, refere o Cidade Hoje, pretendendo que o Governo tenha outra atenção para com o distrito de Braga acreditando que tal só será possível com o PSD a governar.

No decorrer da sessão, André Lima, cabeça de lista por Braga, Jorge Paulo Oliveira e Paulo Cunha acusaram António Costa de liderar um Governo “em gestão” que “perdeu uma oportunidade de reformar o país”, assinala este diário famalicense.

Asim, os candidatos mostraram esperança num resultado que permita levar Rui Rio a Primeiro-Ministro, uma vez  garantem ser bons os candidatos e que as propostas irão convencer o eleitorado.

Obs: Artigo atualizado em 2019-09-04, 18h39 com parágrafos referentes a declarações de Jorge Paulo Oliveira, Paulo Cunha e André Coelho Lima.

Fonte: PSD e CH; Imagens: PSD

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.