Alberto Costa: O empreendedorismo constitui um eixo essencial para a criação de emprego qualificado

Empreender | Nascem 21 empresas por mês em Santo Tirso

Empreender | Nascem 21 empresas por mês em Santo Tirso

Pub

 

 

As 127 empresas criadas nos primeiros seis meses do ano em Santo Tirso fazem deste período o melhor semestre da década. Este número, que representa um crescimento de 63 por cento face a igual período de 2018, reflete a dinâmica empreendedora instalada no município tirsense. A atuação da Câmara Municipal, ancorada nos projetos Santo Tirso Empreende e Atlantic Youth Creative Hubs (AYCH), contribuiu, também, para os resultados alcançados, salienta a autarquia.

 

 

Os dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) confirmam o dinamismo económico de Santo Tirso. O número de empresas constituídas no primeiro semestre de 2019 sobrepõe-se, claramente, ao de empresas dissolvidas, perfazendo um saldo positivo de 83 empresas.

Apesar da maior incidência na indústria transformadora (20) e no comércio (26), o destaque vai para a diversificação do tecido empresarial, com várias empresas criadas nos setores do marketing, tecnologia, serviços partilhados e turismo.

“Entendemos que o empreendedorismo constitui um eixo essencial para a criação de emprego qualificado e, por isso, investimos mais de 800 mil euros em programas de apoio à criação e desenvolvimento de negócios”, explica o presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa.  “Simultaneamente, trabalhamos na otimização das condições de acolhimento empresarial, quer do ponto de vista físico, quer burocrático, de modo a tornar Santo Tirso cada vez mais atrativo para os investidores”, acrescenta.

O apoio aos empreendedores e à criação de novos negócios foi, precisamente, um dos objetivos subjacentes à criação do Invest Santo Tirso, no ano de 2015. Este Gabinete de Dinamização Económica, recorde-se, foi recentemente distinguido nos Prémios Europeus de Promoção Empresarial, alcançando o segundo lugar nacional na categoria “Desenvolvimento do Ambiente Empresarial”.

A crescente notoriedade empresarial e o dinamismo económico do concelho refletem-se também no crescente número de investidores e empreendedores que procuram o apoio do Invest Santo Tirso, com um total de 455 atendimentos realizados nos primeiros seis meses do ano.

Através do Invest Santo Tirso, a Câmara Municipal tirsense dinamiza, atualmente, dois projetos de fomento do empreendedorismo. O programa Santo Tirso Empreende, direcionado para os setores da moda, design e turismo, apoiou o desenvolvimento de 30 projetos, promovidos, por 52 promotores. Já no âmbito da parceria europeia Atlantic Youth Creative Hubs (AYCH), na qual o Município de Santo Tirso é o único representante nacional, 31 jovens empreendedores frequentam, atualmente, o programa de incubação, que inclui um ciclo de workshops, coaching especializado e três meses de incubação gratuita na Incubadora de Moda e Design.

Espaço de excelência para o desenvolvimento de projetos, a Fábrica de Santo Thyrso é, hoje, epicentro de um ecossistema empresarial vibrante. O Centro de Empresas e Inovação (CEI), direcionado para empresas do setor tecnológico, e a Incubadora de Moda e Design, para projetos das indústrias criativas, registam lotação completa, com mais de duas dezenas de empresas instaladas.

 

Fonte e Imagem: Município de Santo Tirso

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.