Kortex Industrial Hub impulsiona a dinamização de ecossistemas industriais para a economia circular

Inovação | Injex abraça Indústria 4.0 com parceria inovadora com a Kortex

Inovação | Injex abraça Indústria 4.0 com parceria inovadora com a Kortex

Pub

 

 

O paradigma da Indústria 4.0 está a revelar sinergias empresariais profícuas e exemplares em Vila Nova de Famalicão. A Injex, empresa de desenvolvimento e produção de componentes técnicos para a indústria automóvel, e a Kortex, startup focada na transformação digital da indústria, ilustram da melhor forma a adaptação aos desafios da indústria do futuro.

 

 

A colaboração entre ambas deu já os seus frutos com a Injex a avançar para a digitalização, desmaterializando processos e ganhando eficiência e rentabilidade. Desta ‘revolução’ a novidade que mais fascina Pinheiro de Lacerda, CEO da Injex, é a eliminação do papel no processo de gestão de armazenamento do produto final, com a digitalização de todo o envio de encomendas. “Atirámo-nos ao trabalho, reformulámos todo o processo e estamos a operar com dispositivos móveis que recebem e enviam informação, tornando a preparação das cargas muito mais expedita, segura, simples e económica”, explica.

A transformação digital Injex by Kortex foi o foco do Roteiro pela Inovação, realizado pelo Presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, na passada sexta-feira, 26 de julho, sendo um bom exemplo do ecossistema industrial do concelho, em que empresas jovens estão a ajudar à revolução industrial de empresas com processos produtivos tradicionais.

A Injex produz componentes técnicos em plástico, designadamente símbolos das principais marcas de automóveis. Os seus produtos estão presentes nas linhas de montagem dos grandes fabricantes do exigente cluster automóvel.
A Kortex nasceu com a incubadora Famalicão Made IN, em 2015, e centra a sua atividade na transformação digital da indústria, desenvolvendo software que permite às empresas desmaterializar processos, controlar fluxos de produção e processar informação.

Para os engenheiros Rui e Ricardo Abreu, fundadores da startup tecnológica, não fazia sentido, num tecido empresarial como o de Famalicão, criar outro negócio que não fosse um ponto de fusão na indústria. Assim surgiu o Kortex Industrial Hub, “uma plataforma que impulsiona a dinamização de ecossistemas industriais para a economia circular”.

Paulo Cunha enalteceu esta “parceria inovadora e muito virtuosa no universo empresarial”. “A Injex, em vez de comprar uma solução, foi à procura de um parceiro que lhe proporcionasse uma solução costumizada, assim demonstrando que as empresas podem ser parceiras num contexto competitivo e concorrencial”, argumentou.

Fonte e Imagens: Famalicão MadeIN

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Economia

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.