Em conversa liberal…

Conversar | Carlos Guimarães Pinto esclareceu liberalismo da ‘Iniciativa Liberal’ em Famalicão

Conversar | Carlos Guimarães Pinto esclareceu liberalismo da ‘Iniciativa Liberal’ em Famalicão

Pub

 

Vila Nova de Famalicão foi a cidade escolhida por Carlos Guimarães Pinto, o jovem Presidente de um dos mais recentes partidos portugueses, a “Iniciativa Liberal”, para a primeira “conversa liberal” ocorrida na passada quinta-feira, 27 de junho, de entre um conjunto de idênticas iniciativas que vai tentar levar a outros pontos do país.

 

 

O tema “Desmistificar o Liberalismo” era o foco e chamou a atenção daqueles que fizeram questão em comparecer e colocar, na parte final da palestra, diversas questões gerais sobre ambiente, democracia, economia e corrupção, bem como outras questões sobre temáticas puramente liberais em torno da liberdade de escolha ou do peso do Estado na sociedade e na economia, entre outras, numa sessão considerada pelos responsáveis do ‘IL’ como sendo “esclarecedora e bastante produtiva”.

Carlos Guimarães Pinto é Economista, Docente na Universidade Católica Portuguesa e na National Economics University no Vietnam. Tendo realizado a sua carreira como consultor de estratégia de gestão e mercados e clientes um pouco por todo o mundo, numa lista que, para lá de Portugal, inclui o Dubai, Nigéria, Congo, Marrocos, Alemanha, UAE e Bahrain, entre  outros, tem por isso conhecimento in loco de realidades sociais, económicas e políticas bastante diversas.

O Partido “Iniciativa Liberal” (IL) concorreu pela primeira vez a eleições nestas últimas Europeias, tendo obtido um resultado considerado algo surpreendente. Tem agora como objetivo para as próximas legislativas a eleição de um deputado por Lisboa e outro na região Norte, oferecendo ao eleitor aquilo que considera ser “uma postura séria e coerente e uma alternativa ao panorama político atual, defendendo a descentralização, a baixa de impostos, a verdade e verdadeiramente os cidadãos”.

Outras “Conversas Liberais” estão já em agenda nas cidades de Braga, Guimarães e Barcelos.

 

Imagem: FP

Pub

Categorias: Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.