4 a 7/6 Feira Medieval Viking e Bacalhau ‘à Mesa’

Recriações | ‘Vikings ao ataque!’ em Famalicão

Recriações | ‘Vikings ao ataque!’ em Famalicão

Pub

 

 

Os vikings estão de volta a Famalicão. Entre 4 e 7 de julho, em toda a extensão da Praça D. Maria II, realiza-se a Feira Medieval Viking, que é já o mais extenso evento evocativo da presença viking na Península Ibérica.

 

 

Tal como é habitual, são esperadas milhares de pessoas no espaço central da cidade de Vila Nova de Famalicão que são convidadas a conhecer um facto histórico que já completou um milénio mas que ainda é desconhecido de muitos. De facto, foi em 2016, que se cumpriram 1000 anos sobre a incursão viking que foi enfrentada, no ano de 1016, no então Castelo de Vermoim.

A Feira Medieval Viking é uma oportunidade de todos poderem fazer a festa mas também de partilhar saberes diversos, num ambiente familiar, acolhedor e divertido. A organização está a cargo da Escola Profissional CIOR, com o apoio do Município de Famalicão.

A realização da Feira Medieval Viking será pois uma recriação histórica envolvendo cerca de 500 figurantes. Este projeto assume a “marca viking”, com mais de mil anos, a esta feira medieval com contornos originais a nível regional.

Nesta Feira, com toda a sua vivência e atmosfera dignas da época, não faltarão músicos, atores, malabaristas, acrobatas, cavaleiros, bailarinas, mercadores e muitos mais, que recriarão todo o cenário em que assenta o evento.

Durante os quatro dias do evento, de quinta a domingo, os visitantes podem usufruir, de uma forma permanente, do mercado medieval; jogos medievais e vikings; figurantes da época; música da época; exposição de animais de grande e pequeno porte; exposição de artefactos de tortura e morte; recriação da aldeia do povo ibérico e viking; recriação da aldeia dos leprosos e animações por todo o espaço.

A realização deste evento justifica o apoio do Município já que cumpre a premissa da afirmação territorial e da projeção cultural e turística do concelho de Vila Nova de Famalicão, através de projetos, iniciativas e eventos com valor acrescentado e diferenciador da oferta regional e nacional, apostando numa marca ou temática singular.

Há mil anos, o território que hoje é Vila Nova de Famalicão já era estratégico no contexto de toda a região e nem os Normandos (Vikings) deixavam de por aqui passar e deixar marcas.

Bacalhau em ‘Dias à Mesa’ 

A envolvência da temática Viking no concelho acompanha também, ao nível gastronómico, o bacalhau, alimento que vários especialistas apontam como popularizado em Portugal pela presença normanda no território. Por este facto, a Feira Medieval Viking liga-se, em complementaridade, com a iniciativa “Dias à Mesa” que, neste particular, promoverá o consumo do bacalhau em diversos restaurantes do concelho, conjugando-se o evento de recriação histórica e cultural que atrai habitualmente muitos milhares de pessoas até ao concelho com o seu consumo.

Os Vikings foram os grandes pioneiros no consumo do bacalhau, sendo que costumavam comê-lo seco e aos pedaços nas suas longas viagens marítimas, pois este era o seu alimento predileto.

Desta vez, são 14 os restaurantes aderentes – Alfa, Bisconde, Colina do Ave, Combinação de Sabores, Craazy’s, Dona Maria Pregaria, El Vagabundo, Ganesh Club, Moutados de Baixo, Páteo das Figueiras, Porta-Enxerto, Praça, Tanoeiro, Vinha Nova. Assado no forno ou na brasa, cozido, frito, de cebolada, com natas… são vários os formatos de confeção do bacalhau disponíveis, em função da especialidade e do saber fazer de cada um dos restaurantes aderentes.

Paulo Cunha, Presidente da Câmara famalicense, deixa o convite: “Qualquer altura do ano é boa para degustar um bom prato de bacalhau, no entanto, ao conjugar esta iguaria gastronómica com a sua história, estamos a proporcionar uma experiência enriquecedora do ponto de vista cultural e gastronómico aos visitantes que nos procuram por esta altura do ano”. Para o autarca, os ‘Dias à Mesa’ são um projeto turístico com dimensão horizontal, que junta a gastronomia com outros atrativos, enriquecendo a nossa agenda cultural e desportiva e chamando até Vila Nova de Famalicão mais pessoas”.

 

Imagens: (0, 1, 3) Município de Famalicão, (2) CIOR

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.