‘Cooperative Streets’

Cidades | Trofa investe em mobilidade inteligente

Cidades | Trofa investe em mobilidade inteligente

Pub

 

 

O Município da Trofa tem vindo a desenvolver políticas direcionadas para a melhoria do ambiente urbano, através de ações e projetos que promovem a mobilidade suave, no âmbito da implementação de uma estratégia concertada para a mobilidade.

 

 

Com a conclusão das obras dos Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro do Parque das Azenhas e da Alameda da Estação, o Concelho, passou a ter espaços claramente formatados para os movimentos pedonais e cicláveis em detrimento do automóvel.

Dando continuidade a este conceito, estão em preparação os Projetos da Rede Ciclável da Trofa (Ciclovia do Norte) e da Rede Ciclável e Pedonal do Coronado (Ciclovia do Coronado), que vão alargar a rede existente e potenciar de forma exponencial a capacidade de mobilidade dos trofenses através dos modos suaves.

Esta aposta na mobilidade inteligente e nos modos de transportes suaves teve um novo incremento, no passado dia 7 de junho, com a assinatura do contrato de participação no projeto Cooperative Streets, desenvolvido em parceria com o Instituto de Mobilidade e Transportes pela Câmara Municipal da Trofa, em Eindhoven, na Holanda, no Congresso ITS (Intelligent Transport Systems & Services) 2019, o maior evento internacional dedicado à mobilidade inteligente e à digitalização do transporte.

A Trofa passa assim a estar integrada numa rede de 43 cidades europeias, das quais oito são portuguesas, onde serão aplicados projetos piloto de Sistemas de Transporte Inteligentes.

A aplicação desta tecnologia na Trofa será concluída até 2023, num valor total de investimento de 835.877,00€, estando garantido o seu financiamento em 50%.

A aplicação de tecnologia de vanguarda de apoio à mobilidade na Trofa, transformará o concelho numa das primeiras Smart Cities europeias.

 

Imagens: Município da Trofa

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.