Futebol | ‘Walking Football’ reúne antigos jogadores do Vitória SC e utentes do projeto Vida Feliz

Futebol | ‘Walking Football’ reúne antigos jogadores do Vitória SC e utentes do projeto Vida Feliz

Pub

 

 

Palatsi, Costeado e Carvalho, antigos jogadores de futebol do Vitória Sport Clube, participaram hoje num treino de Walking Football (“futebol a andar”) com utentes do projeto Vida Feliz desenvolvido pela Tempo Livre e pelo Município de Guimarães.

 

 

O treino foi realizado ontem, 29 de maio, no Campo de Jogos do Santiago Mascotelos Futebol Clube e decorreu com grande entusiasmo, relaçando-se os momentos de interação entre os utentes do Vida Feliz e os antigos jogadores profissionais de futebol.

Os séniores vimaranenses do Vida Feliz têm vivido um estilo de vida ativa. Depois de terem participado no Reino da Diversão, em que desfrutaram gratuitamente, no Multiusos de Guimarães, de todos os divertimentos do evento, de assistirem ao jogo de futebol entre as equipas do Vitória Sport Clube e do Boavista (25ª jornada da Liga Nos), ao histórico jogo de andebol em que a seleção de Portugal venceu a França (seis vezes campeã do Mundo, três da Europa e duas olímpicas) e de terem jogado Golfe, os utentes do Vida Feliz participaram pela segunda vez num treino de “futebol a andar” naquele que poderá ter sido mais um impulso para a implementação do Walking Football em Guimarães.

O Walking Football (“futebol a andar”) é uma modalidade que se destina, em especial, a quem pretende manter-se ativo e divertir-se a jogar, mesmo quando o corpo já não permite grandes aventuras. O objetivo da atividade é mais do que físico, fomentando também a integração e o convívio de grupo em prol de um envelhecimento mais ativo.

O Walking Footbal tinha que ter dado os primeiros passos em Inglaterra, país que viu nascer o futebol, em 2011. Em Portugal, deu os primeiros passos no Algarve há cerca de 4 anos. Nesta modalidade é proibido correr, um dos pés tem de estar sempre a tocar o solo, a bola não pode ser jogada acima da cintura, não há contacto físico e pode ser definido um número limite de toques que cada jogador pode dar antes de passar a bola.

Com cerca de 1000 participantes, distribuídos por quase quatro dezenas promotores locais, o projeto Vida Feliz proporciona aulas de atividade física, de hidroginástica e de ginástica sénior, através de uma intervenção diferenciada, à qual acresce um número significativo de iniciativas complementares, de cariz lúdico desportivo, passíveis de tornarem a vida dos seus participantes mais ativa e mais feliz.

A Escola de Medicina da Universidade do Minho, a ACES do Alto Ave e o Guimagym são, entre outros, parceiros do projeto Vida Feliz.

 

Imagens: TL

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.