23 a 25/5 Vila Nova de Famalicão

Escritas | ‘Raias Poéticas’ acontecem e fazem acontecer o pensamento impensável em Famalicão

Escritas | ‘Raias Poéticas’ acontecem e fazem acontecer o pensamento impensável em Famalicão

Pub

 

 

Signos artísticos em metamorfoses activas, composições de potências-artistas, diferenças que se reconstroem com diferenças, pontos de vista que exaltam o pensamento impensável”. São assim as Raias Poéticas que este ano se realizam de 23 a 25 de maio, em Vila Nova de Famalicão, com curadoria de Luís Serguilha e a presença de dezenas de autores, entre escritores, ensaístas, académicos, críticos, artistas, poetas oriundos de diversas geografias ibero-afro-americanas. Dezoito dos convidados são pesquisadores em várias universidades ibérica, africanas ou americanas que se conetarão às experimentações artísticas-poéticas de outros(as) poetas.

 

Luís Serguilha, o curador das Raias Poéticas que esta 8ª edição intensificará “os entrecruzamentos de vários ritmos artísticos dentro de estilizações conceptuais: dança, teatro, artes plásticas, literatura se misturarão, se atravessarão por meio de afectologias em variação, de problematizações vitalistas, de topologias intempestivas, construindo transgeografias aformais”.

Na presente edição, entre as demais presenças, destacam-se as participações especiais de Paulo Guilherme Domenech Oneto, filósofo e Professor da UFRJ, -Universidade Federal do Rio de Janeiro e Birkbeck, University of London, de Leonardo Maia, investigador, Professor na UFRJ e na Universidade de Paris, um dos mais instigantes pesquisadores dos processos criativos-cinematográficos de Pier Paolo Pasolini, Ana Vitória, coreógrafa, bailarina, professora universitária na Angel Vianna, no Brasil e pesquisadora na Universidade Nova de Lisboa, Hélia Borges, psicanalista, pesquisadora e professora universitária na Angel Vianna, no Brasil, e de Alcimar Souza Lima, psiquiatra, escritor e professor no Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo.

Luís Serguilha salienta ainda a face alternativa das Raias Poéticas. “Não fazem parte dos festivais, não têm biografias, nem pertencem ao historicismo, não são competições, não há pódios, nem modelos, nem estruturas lógicas, são pontos de vista que exaltam o pensamento impensável”. Em conclusão, as Raias Poéticas são “acontecimentos do acontecimento”.

Programa

23 Maio

17h30 – Raias Sonoras

Filipe Campos Melo; Aurelino Costa; Manu Bezerra de Melo; Maria Toscano; João Manuel Ribeiro; Minês Castanheira; Alcimar Souza Lima; Orlando Alves; Abreu Paxe

18h30 – Dobras do Pensamento

O artista fez um pacto com a vida e com o pensamento: quebrar clichés!

Joaquim Pimenta; Fernando Barbosa; Alcimar Souza Lima

Surfista: Helena Amaral Correia Romão

24 Maio

17h00 – Raias Sonoras (poetas)

Tiago Alves Costa; Carla Carbatti; Alfredo Ferreiro; Carlos Nuno Granja; Maurício Vieira; Adília César; Vasco Catarino Soares; Vítor Cardeira; Luís Filipe Sarmento

18h00

Paulo Cunha, Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão

18h30

Raias Sonoras (poetas)

Fê-Luz; Ângela Almeida; Carla Muhlhaus; Alberto Pereira; Mariana Portela; Jaime Rocha

19h00 – Dobras-de-Pensamento

Escrever é tornar-se um bastardo, um traidor, um sintomatologista!

Paulo P Domenech Oneto; Domingas Monte; Alcimar Souza Lima

Surfista: Elisa Costa Pinto

25 de maio

10h00

Dobras-de-Pensamento

O Escritor produz uma língua fora da maioria: uma língua que atinge o sublime quando o escritor deixa de ser escritor: o agramatical!

Leonardo Maia; Anton Adam Freire; Abreu Paxe

Surfista: Júlio Sá

15h00

Dobras-de-Pensamento

A DANÇA é um POEMA em construção na ruptura das palavras

Ana Vitória; Helia Borges; Cristina Benedita

Surfista: Paxton Bausch

17h00 – Raias Sonoras (poetas)

Bruno M. Silva; Virna Teixeira; João Mendes Rosa; Gisela Casimiro; Francisca Camelo; Jorge Velhote

18h00 – Dobras-de-Pensaemnto

O ACTOR atinge o animal em si: é a força do corpo do poema: dobra, desdobra a voz, a palavra e o falso, diluindo os limites dos órgãos

Luísa Monteiro; Jaime Rocha; Thiago Arrais

Surfista: Celina Coelho Almeida

Artigos relacionados:

Raias Poéticas | Afluentes ibero-americanos de arte e pensamento reacontecem em Vila Nova de Famalicão

 

Imagens: (0) José António Passos, (1) Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.