Consumo | Farfetch lança ‘Second Life’ para bolsas de luxo

Consumo | Farfetch lança ‘Second Life’ para bolsas de luxo

Pub

 

 

A marca global de origem vimaranense Farfetch, principal plataforma de consumo de tecnologia global para a indústria de moda de luxo, anunciou ontem, 13 de maio, o lançamento do Farfetch Second Life, o novo programa de revenda de bolsas de marca. Os clientes que usam o Farfetch Second Life poderão trocar as suas bolsas de marca em troca de crédito a ser usado em compras futuras na Farfetch.

 

 

Na nova plataforma, os utilizadores que visitem a Farfetch Second Life poderão enviar informações e fotografias das malas que pretendem colocar à venda. Um colaborador especializado da Farfetch proporá um preço num prazo até dois dias úteis. Se o preço for aceite, o consumidor agendará uma recolha gratuita para enviar a bolsa à equipe de verificação. A Farfetch adiciona então créditos do valor da oferta à conta do cliente, fazendo-os regressar à Farfetch e facilitando a aquisição de novos itens de entre a mais recente oferta da empresa.

Este programa de circularidade é lançado à medida que a empresa pretende aumentar o seu foco na sustentabilidade. Como parte do programa Positively Farfetch, a Farfetch Second Life procura “pensar, agir e escolher de forma positiva”. Juntamente com parceiros de marcas e boutiques, a Farfetch revoluciona e reinventa a indústria da moda para o futuro, de uma forma que beneficia os clientes, as pessoas e o planeta. Os clientes regressam à Farfetch para comprarem mais produtos da sua nova oferta (ou de revenda).

Giorgio Belloli, diretor comercial e de sustentabilidade, afirmou: “A moda de luxo está cada vez mais alinhada à moda sustentável. A revenda é uma área de crescente interesse para os nossos clientes. Tal como o mercado de luxo online, o mercado de luxo de segunda mão está a crescer rapidamente e deve duplicar de valor para 51 mil milhões de dólares nos próximos cinco anos”, de acordo com o relatório de revenda de 2019 da marca. “Um programa de revenda de luxo, como o Farfetch Second Life, permite-nos entrar nesse mercado e testar a procura dos clientes da Farfetch por esse tipo de serviço. ”

O programa piloto foi desenvolvido em parceria com a UpTeam, um dos parceiros da Dream Assembly, programa de incubação tecnológica lançado em 2018. O plano inicial permite que os clientes revendam 27 das mais referenciadas marcas de luxo, nomeadamente Alexander McQueen, Balenciaga, Bottega Veneta, Burberry, Bvlgari, Cartier, Celine, Chanel, Chloé, Dior, Dolce & Gabbana, Fendi, Givenchy, Gucci, Hermès, Loewe, Louis Vuitton, Maison Goyard, MCM, Miu Miu, Mulberry, Prada, Salvatore Ferragamo, Stella McCartney, Valentino, Versace e YSL.

 

Imagem: Farfetch

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.