Vila Nova de Famalicão

Ensino | 3BC da ‘Luís de Camões’ realiza reportagem de visita guiada à exposição ‘Cartazes de Abril’

Ensino | 3BC da ‘Luís de Camões’ realiza reportagem de visita guiada à exposição ‘Cartazes de Abril’

Pub

 

 

Os alunos do 4º BC do Centro Escolar Luís de Camões, do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, no centro da cidade de Famalicão, para assinalarem o 25 de Abril, abriram a escola à comunidade. Motivo: a exposição ‘Cartazes de Abril‘. Depois disso, os seus colegas do 3º BC fizeram a reportagem da visita guiada que realizaram a outros colegas do seu agrupamento de escolas.

 

 

O resumo da reportagem desta atividade, que decorreu sob o lema Pela cidadania, 25 de abril, sempre!, deu origem a uma breve notícia, dentro dos conteúdos programáticos próprios deste ano de escolaridade.

.

Exposição “Cartazes de Abril”

.

Os alunos da turma do 4º BC do Centro Escolar Luís de Camões, do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, apresentaram uma exposição intitulada ”Cartazes de Abril”, alusiva à temática “Revolução dos Cravos”, no dia 26 de abril.

Depois de, no dia anterior, os alunos do 4° BC terem aberto a escola à comunidade, com a presença de ilustres cidadãos famalicenses, como Anquises Cróccia de Carvalho, Joaquim Loureiro e Margarida Malvar, neste dia recebemos apenas colegas de outras escolas do nosso Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco.

A visita à exposição iniciou-se no hall de entrada do Centro Escolar Luís de Camões com uma apresentação que resumia o que se encontrava exposto sobre o tema.

No corredor central estavam expostos vários cartazes. Cada aluno tinha a função de explicar o seu cartaz com a respetiva ficha técnica, apelando às opiniões e sensações dos visitantes.

Uma das curiosidades desta exposição foi a Banda Desenhada, datada de 1975, exposta na galeria central, da autoria do Movimento das Forças Armadas (MFA), explicando a importância das eleições e do voto.

Por fim, os visitantes puderam apreciar vários cartazes originais, cedidos pelo autor José Gualberto de Freitas, do livro ”Guerra dos Cartazes”, ouvindo a mítica música “Grândola Vila Morena”, de Zeca Afonso.

Os alunos do 3º BC

 

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.