Vila Nova de Famalicão

Iluminação | Famalicão aposta na eficiência energética

Iluminação | Famalicão aposta na eficiência energética

Pub

 

 

A partir de 2020, o Município de Vila Nova de Famalicão vai conseguir obter uma poupança anual de cerca de 355 mil euros na iluminação pública no concelho, com a conclusão do processo de substituição de cerca de cinco mil luminárias equipadas com lâmpadas convencionais por luminárias do tipo Led. A obra que implicou a substituição dos focos luminosos arrancou em 2018 e deverá ficar concluída até ao mês de setembro.

 

 

A empreitada abrange todo o centro urbano, as estradas nacionais 14, 204, 204-5, 206, 309 e 310; a Via Intermunicipal (VIM) e ainda várias estradas e caminhos municipais e corresponde a um investimento total de 640 mil euros.

O o executivo municipal aprovou na última reunião ordinária a celebração de um acordo entre o município e a EDP Distribuição – Energia SA, no âmbito deste projeto de promoção da eficiência energética na iluminação pública. Assim, o município assegurou a aquisição e instalação das luminárias com tecnologia Led, enquanto a EDP garante a sua conservação e manutenção.

Para além da redução financeira, a medida permitirá uma taxa de poupança nos consumos energéticos na ordem dos 67 por cento e uma redução efetiva da percentagem de emissão de dióxido de carbono para a atmosfera.

Paulo Cunha, presidente da autarquia famalicense, salientou que “a melhoria da eficiência energética é uma das principais apostas da autarquia, que tem procurado reduzir a ameaça preocupante para o país e para os municípios do ponto de vista económico, social e ambiental”.

Para o autarca “o valor economizado é significativo”, mas igualmente importante é a “poupança ambiental, já que estamos empenhados em tornar Vila Nova de Famalicão num concelho cada vez mais amigo do ambiente e eficiente do ponto de vista energético”.

Neste âmbito, a autarquia instalou, já em 2016, lâmpadas do tipo LED em mais de uma dezena de parques e praças do concelho. A medida implicou, na altura, um investimento na ordem dos 67 mil euros e permitirá uma poupança anual de 25 mil euros para os cofres municipais. Entretanto, em 2017, avançou com os projetos de sustentabilidade e eficiência energética para a Casa das Artes e Piscinas Municipais de Oliveira S. Mateus e Joane.

Imagens: Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.