Riba de Ave, Vila Nova de Famalicão

Trabalho | PSD – Famalicão debate papel atual dos sindicatos em Riba de Ave

Trabalho | PSD – Famalicão debate papel atual dos sindicatos em Riba de Ave

Pub

 

 

Os sindicatos são uma arma do passado ou uma ferramenta do futuro e a defesa dos trabalhadores depende destes ou já não será bem assim? Lúcia Leite, do Sindicato dos Enfermeiros, Joaquim Daniel Rodrigues, da União e Sindicatos de Braga, Vítor Sampaio, do SINDEQ – Sindicato das Indústrias e Afins e do empresário Miguel Soares, da Partteam, vão debruçar-se, numa conversa-debate no próximo dia 3 de maio, pelas 21h30, no Salão Paroquial de Riba de Ave, sobre estas interrogações, que reentraram novamente na ordem do dia, em Portugal, em virtude das novas dinâmicas e formas reivindicativas assumidas pelos trabalhadores de alguns subsetores económicos. Esta reflexão pública é organizada pelo Partido Social Democrata – Vila Nova de Famalicão.

 

 

Aproveitando o contexto das comemorações do Dia da Liberdade e do Dia do Trabalhador, o Partido Social Democrata famalicense abre o debate à sociedade civil e convida os cidadãos, independentemente do alinhamento partidário, a refletirem em conjunto sobre o atual papel dos sindicatos e as novas formas de luta de que os trabalhadores podem socorrer-se e da eventual legitimidade das mesmas.

A participação é livre e realizada num contexto geográfico particularmente simbólico uma vez que foi em Riba de Ave que no século XIX surgiram algumas das primeiras indústrias algodoeiras do país  que deram origem, ao longo dos anos, a uma militância sindical particularmente ativa.

Inserindo-se na estratégia do partido de abertura à sociedade civil e de contributo à solidificação da democracia e à construção de uma sociedade mais participativa e esclarecida, a presente iniciativa da Comissão Concelhia do PSD de Famalicão é organizada em conjunto com os Trabalhadores Social Democratas, a Juventude Social Democrata e as Mulheres Social Democratas de Famalicão.

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983404

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.