Vila Nova de Famalicão

Património | Parque da Devesa lança ‘Memórias da Devesa’ no Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Património | Parque da Devesa lança ‘Memórias da Devesa’ no Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Pub

 

 

O Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão, lançou no Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, 18 de abril, o seu novo projeto intitulado “Memórias da Devesa”, com o objetivo de salvaguardar o passado e o legado daquele espaço que sofreu profundas alterações com a construção do parque, valorizando as suas memórias, as vivências de quem lá morou, trabalhou ou utilizou para o seu lazer.

 

 

Para isso, desafia todas as pessoas que detenham em sua posse fotografias, documentos, artigos, objetos, sobre aquele lugar, sobre as famílias que lá habitaram, as casas, sobre factos e acontecimentos relacionados com o espaço. Será reunido espólio material, mas também imaterial através de testemunho oral.

De resto, pretende-se com este projeto construir um arquivo de memória on line “Memórias da Devesa”, acessível a todos; estimulando e apoiando trabalhos de investigação; mantendo vivo o legado da “Devesa” e produzindo conhecimento histórico.

Para além deste trabalho, será desenvolvido paralelamente um levantamento de informação já conhecida e, eventualmente, já sistematizada, nomeadamente através da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco (Fundo Local), Arquivo Municipal, Gestão Urbanística do município, entre outros.

Trata-se, por isso, de um projeto aberto no tempo, sendo que, em qualquer altura, se poderá fazer a incorporação e atualização de informação.

Entretanto, para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, registe-se que a Direção-Geral do Património Cultural preparou, em colaboração com uma série de outras entidades, a apresentação de propostas de iniciativas a desenvolver nesse dia, ou em datas próximas, enquadradas no tema ‘Património e Paisagem Rural‘.

Em colaboração com o ICOMOS Portugal – organismo consultor do Comité do Património Mundial para a implementação da Convenção do Património Mundial da UNESCO – cuja missão é promover a conservação, a proteção, a utilização e valorização dos monumentos, conjuntos e sítios, impulsiona a divulgação do tema ‘Património e Paisagem Rural’ com o intuito de “promover o entendimento das zonas rurais enquanto paisagem, e da paisagem enquanto património, estimulando a percepção de territórios em permanente mutação, que acumulam os saberes e as práticas decorrentes de uma vivência continuada, em constante adaptação aos imperativos ambientais, culturais, sociais, políticos e económicos. A AGPC assinala que “a consciência da fragilidade e mutabilidade destes recursos, da sua consequente necessidade de conservação e salvaguarda, e da ligação intrínseca entre património, paisagem rural e desenvolvimento sustentável cria oportunidades para sensibilizar comunidades e públicos, para reforçar laços identitários e para criar perspectivas de futuro, alicerçadas no reconhecimento da importância da cultura e do património enquanto elementos aglutinadores das comunidades”.

Programa do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983404

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.