16 a 18/4 Santo Tirso

História | C I do Monte Padrão celebra 11º aniversário com Galandum Galandaina e 3 dias de atividades

História | C I do Monte Padrão celebra 11º aniversário com Galandum Galandaina e 3 dias de atividades

Pub

 

 

Instalado no Castro do Monte Padrão desde 2008, o Centro Interpretativo que lhe herdou o nome celebra o 11º aniversário com uma programação para todas as idades que, entre outras, inclui um concerto do grupo de música tradicional mirandesa, Galandum Galundaina.

 

 

São três dias recheados de iniciativas para assinalar os 11 anos do Centro Interpretativo do Monte Padrão (CIMP) que, para além de apresentar valências de natureza pedagógica e museológica, presta também apoio à investigação no local.
História Viva” vai proporcionar aos mais jovens, dos 3 aos 12 anos, a possibilidade de viajar no tempo. A 16 e 17 de abril, pelas 21h30, serão levadas a cabo recriações históricas que permitirão aos participantes integrar jogos romanos, um acampamento militar e a assistir ao grupo de música e teatro “A imperatriz”. A inscrição pode ser feita através de email: museus@cm-stirso.pt ou telefone: 252 830 410.

Durante todo o dia 18 de abril, especialistas ibéricos vão explorar os detalhes da identidade, escultura e simbolismo em torno de tudo o que envolve os Castros. No seu 11º aniversário, o Centro Interpretativo recebe o II Ciclo de Conferências do Monte  Padrão – Estéticas de Poder que, este ano, se debruça sobre as “Expressões Plásticas na II Idade do Ferro do Noroeste Peninsular” e pretende salientar a importância da cultura castreja enquanto valor matricial da identidade do Noroeste Peninsular, enfatizando a mais-valia patrimonial dos principais testemunhos que importa preservar, estudar e valorizar.

No mesmo dia, pelas 21h30, o CIMP recebe, em concerto de entrada livre, os Galandum Galundaina, um grupo de música tradicional mirandesa que, ao longo dos últimos 20 anos contribuiu para o estudo, preservação e divulgação da identidade cultural das Terras de Miranda, no Nordeste Transmontano.

Com uma carga histórica e uma riqueza arqueológica que remonta à sociedade medieval e a figuras como S. Rosendo, o Castro do Monte Padrão é uma das principais referências culturais do concelho de Santo Tirso. Associado surge, em 2008, o Centro Interpretativo com um papel ativo na valorização, dinamização e desenvolvimento do Monte Padrão.

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983404

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Mais recentes

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.