Esposende

Cancro | Hernâni Zão Oliveira e ‘O Meu Irmão é um Super-Herói’ vencem prémio europeu

Cancro | Hernâni Zão Oliveira e ‘O Meu Irmão é um Super-Herói’ vencem prémio europeu

Pub

 

 

 

O projeto de sensibilização para o cancro infantil “O Meu Irmão é um Super-Herói”, desenvolvido por Hernâni Zão Oliveira, um jovem de Esposende, arrecadou o 1º lugar do Prémio Melhor Comunicação, na 4ª Conferência Europeia de Literacia em Saúde que decorreu em Dublin, na Irlanda.

 

 

Os resultados das ações de sensibilização desenvolvidas com 625 alunos do concelho de Esposende sensibilizaram o júri do certame internacional que reuniu, entre 14 e 15 de março, em Dublin, na Irlanda. Organizada pela University College Dublin e pela Health Literacy Europe, a competição contou com a participação de 54 projetos de 17 países distintos.

A literacia em saúde promove a desigualdade

Construir Sociedades de Literacia em Saúde” foi o tema da 4ª Conferência Europeia de Literacia em Saúde, tendo reunido líderes mundiais e as principais organizações internacionais de intervenção nesta área. Esta conferência visou a promoção da transferência de conhecimento entre investigadores, profissionais e técnicos, além de incentivar ações e práticas baseadas em evidência, tendo como alcance último a promoção da literacia que reduza a desigualdade na saúde, dentro da sociedade.

Que é “O Meu Irmão é um Super-Herói”?

O projeto “O Meu Irmão é um Super-Herói” nasceu de um trabalho de investigação desenvolvido por Hernâni Zão Oliveira na Universidade do Porto, em conjunto com o Instituto Português de Oncologia do Porto e com a empresa de comunicação em Saúde BRIGHT. O desenvolvimento do conceito tem como ponto de partida o projeto “HOPE”, um videojogo que envolveu os principais intervenientes no auxílio às crianças com cancro.

Este projeto pretende ajudar as crianças internadas com doença oncológica a entender a doença, promovendo, ainda, a sua melhor condição física, através do exercício, além de auxiliar os pais e voluntários ao longo do tratamento da criança.

Envolvimento do Município e escolas de Esposende

Partindo daquele que também é o objetivo do jogo, a desmistificação do Cancro, surge a parceria com a Câmara Municipal de Esposende e os seus agrupamentos escolares. Por isso, o desenvolvimento desta iniciativa contemplou a organização de sessões de sensibilização, avaliando as perceções que os alunos têm sobre o cancro.

Os alunos assistiram a um vídeo que conta a história de um rapaz, o João, cujo irmão foi diagnosticado com Leucemia, e que vai tentar ajudar o irmão no regresso à escola. Este vídeo contou com o apoio da Acreditar (Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro) dobrada por um rapaz que pertence a um grupo de Barnabés – pessoas que vivem ou viveram uma doença oncológica na infância ou juventude.

A comunicação

Na Conferência Europeia de Literacia em Saúde, Hernâni Zão Oliveira debruçou-se sobre os resultados das ações realizadas em fevereiro de 2018. Nestas ações participaram 625 alunos do 2º ciclo do Ensino Básico dos Agrupamentos de Escolas António Correia de Oliveira e António Rodrigues Sampaio.

Em 2019, para além destas sessões de sensibilização, a Câmara Municipal de Esposende reforçou este programa com uma formação para professores intitulada “Estratégias de Adaptação Escolar a Casos de Cancro Pediátrico”.

O Município de Esposende enquadra esta postura nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas, nomeadamente Saúde de Qualidade, Educação de Qualidade e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.

Hernâni Zão Oliveira distinguido pela Universidade do Porto

Entretanto, há apenas alguns dias, pelo trabalho que tem vindo a desenvolver, na área da literacia em saúde, Hernâni Zão Oliveira foi distinguido na 6.ª edição dos Prémios Cidadania Ativa da Universidade do Porto no Campo do Empreendedorismo. 

Hernâni Zão Oliveira tem-se vindo a destacar pelo envolvimento em projetos ligados à inovação e empreendedorismo na área da saúde, no âmbito do Laboratório de Criação para a Literacia em Saúde da U.Porto (LACLIS), enquanto doutorando em Media Digitais, na Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP). Principal dinamizador do The HOPE Project, pelo qual foi distinguido com o Astellas C3 Prize no World Cancer Leader’s Summit, e do ÂMAGO, um “projeto de empreendedorismo intergeracional para validação de soluções tecnológicas em rede”, Hernâni é também um dos peritos do Plano Nacional de Literacia em Saúde do Ministério da Saúde e integra comissão organizadora da competição internacional de empreendedorismo dos Young Leaders for Health, com apoio da Organização Mundial de Saúde.

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983404

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.