Vila Nova de Famalicão

Boas Práticas | Na Scoop, cada funcionário tem uma árvore

Boas Práticas | Na Scoop, cada funcionário tem uma árvore

 

 

 

Depois do drama dos incêndios vivido em Portugal em 2017, a Scoop, empresa têxtil de Famalicão, autora do vestuário desportivo inteligente Musgo, decidiu levar a sua vocação sustentável um pouco mais longe e criar uma pequena floresta, onde é plantada uma árvore por cada funcionário.

 

 

“Os incêndios, especialmente os de Outubro, que afetaram aqui a região, inspiraram a administração da Scoop a contribuir para reflorestação”, explica Daniel Pinto, diretor de desenvolvimento e estratégia da empresa têxtil, sediada em Cavalões e especializada na confeção de vestuário técnico e desportivo.

Nesta pequena floresta, ainda a dar os primeiros sinais de vida, cada colaborador plantou a sua própria árvore, que depois foi identificada com o seu nome e com o ano em que foi plantada – na foto, por exemplo, vê-se a identificação da árvore de Teresa Soares, controladora de qualidade na empresa.

“Hoje vou lá baixo ver a minha árvore” tornou-se assim uma frase habitual no seio da equipa. “Para quem está todo o dia na empresa, serve também de distração, é a melhor terapia que pode existir” afirma Raquel Carvalho, gestora de projecto na Scoop.

Como a iniciativa tem um carácter ecológico, nesta floresta apenas são plantadas espécies autóctones da região Norte, como plátanos, sobreiros, azevinhos, loureiros ou murtas. Cada árvore é escolhida individualmente, numa tentativa de criar uma floresta diversificada e de personalizar o gesto de reconhecimento.

Mas para além do gesto simbólico, a Scoop procurou também enraizar a sua parceria com os bombeiros famalicenses, os quais já eram responsáveis pelos simulacros na empresa. Para além de serem parceiros em vários projetos da empresa, a administração ofereceu a cada um dos funcionários a anuidade do cartão de sócio, como forma de apoiar a associação.

A floresta, atualmente com 116 árvores, cresce lado a lado com outro projeto sustentável da Scoop: uma horta biológica com a qual fornece legumes, sopa, fruta, chás e ervas aromáticas para todos os funcionários.

Esta ação insere-se no compromisso da empresa com o programa Pacto Global das Nações Unidas, com especial envolvimento nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis que consagram nomeadamente a Ação Climática, com o intuito de diminuir o impacto das nossas ações sobre o planeta e os seus recursos naturais, tais como a promoção de mecanismos para a criação de capacidades para o planeamento e a gestão eficaz no que respeita às alterações climáticas.

 

Fonte: Famalicão MadeIn e Scoop

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983404

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Economia, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.