Energia | Allianz adquire Solara, a maior central solar em Portugal em 2019

Energia | Allianz adquire Solara, a maior central solar em Portugal em 2019

Pub

 

 

 

A Allianz Capital Partners, em nome da seguradora Allianz Portugal, acaba de divulgar a aquisição do projeto Solara de 218,8 megawatts (MW) em Portugal. Os trabalhos de construção da Solara já começaram e a execução do projeto está prevista para o verão de 2019.

 

 

Dois meses depois da aquisição da Ourika, primeira central solar fotovoltaica em Ourique, em outubro deste ano, a Allianz investe agora num segundo projeto de energia solar sem subsídios públicos do Estado português. Na altura, o anterior Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, referiria que “a nova vaga de centrais solares que se estão a construir por todo o país já incluem mais de mil megawatts licenciados e outros mil megawatts em licenciamento”.

Desta feita, a nova central fotovoltaica, a Solara, está localizada no sul de Portugal, em Vaqueiros, Alcoutim, no distrito de Faro, a cerca de 230 km a sudeste de Lisboa. Vaqueiros é a mais extensa freguesia do concelho de Alcoutim, situada em plena Serra do Caldeirão, longe do Algarve das praias douradas e águas cristalinas.

Para a área geográfica onde se situa Vaqueiros, que nos últimos anos tem sido impactada por um decréscimo  populacional significativo, o projeto é de grande importância. O projeto Solara trará benefícios económicos para o local e irá empregar 1.500 pessoas durante os trabalhos de construção.

Portugal é um dos maiores produtores de europeus de energia renovável, com mais de 50% de energia proveniente de energia eólica, solar e hídrica. Quando estiver a funcionar, no próximo ano, a Solara torar-se-á o maior projeto de produção de energia solar em Portugal: terá uma capacidade de 218,8 MW e irá fornecer energia renovável para aproximadamente 100 mil casas da região por ano, equivalente à energia necessária para abastecer uma cidade como o Porto.

O projeto Solara irá cumprir os termos de um contrato de compra de energia de preço fixo com a duração de 20 anos (PPA – Acordo de Compra de Energia).

“A Allianz é um dos principais investidores em energias renováveis na Europa, uma vez que pretendemos liderar a indústria no que se refere à integração de fatores ESG (Environmental, Social and Governance) nos nossos negócios de investimento. Este é já o nosso segundo investimento em Portugal sem subsídios em conjunto com um PPA. Estamos muito satisfeitos por nos associarmos novamente com a [irlandesa] WElink neste projeto solar tão atrativo. Com o nosso nono investimento solar – a Solara -, teremos mais de 90 projetos incluídos nosso portefólio de energias renováveis”, refere Marc Groves-Raines, Diretor de Energias Renováveis da Allianz Capital Partners.

Os investimentos da Allianz no setor da energia renovável somam já 9 parques eólicos e 83 centrais solares, localizados na Áustria, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Portugal, Suécia e Estados Unidos. Os parques eólicos e solares da Allianz conseguem gerar energia renovável suficiente para abastecer mais de um milhão de residências.

 

Fontes: Allianz, JE, Jornal de Negócios e Guia da Cidade

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária:

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco: 

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Economia

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.