Vila Nova de Famalicão

Livros | ‘D Quixote’ revisitado por Agostinho Fernandes e alunos das escolas de Vila Nova de Famalicão

Livros | ‘D Quixote’ revisitado por Agostinho Fernandes e alunos das escolas de Vila Nova de Famalicão

Pub

 

 

 

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão acaba de publicar uma versão infanto-juvenil da autoria do escritor famalicense Agostinho Fernandes da obra D. Quixote de La Mancha, do escritor espanhol Miguel de Cervantes, com ilustrações elaboradas por cerca de 200 alunos do 2.º e 3.º Ciclos  de Ensino Básico do concelho.

 

 

A sessão de lançamento da obra decorreu no início desta semana, na Escola Básica de Gondifelos e estará disponível brevemente para aquisição na Livraria Municipal de Famalicão, localizada na Casa do Território do Parque da Devesa.

O projeto, que arrancou em 2016, inserido no âmbito dos 400 anos da morte de Cervantes, culminou agora com apresentação deste “fantástico [trabalho] desenvolvido por Agostinho Fernandes e pelos jovens ilustradores em prol da educação, da cultura e da leitura entre as novas gerações”, como afirma o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, no prefácio da obra.

Para o autarca “a imortal história do Cavaleiro da Triste Figura, que acompanhado pelo seu fiel escudeiro, Sancho Pança, avança por montes e vales, lutando contra moinhos de vento e cavaleiros imaginários em nome da justiça, é, sem dúvida, um livro obrigatório e inesquecível para sucessivas gerações de leitores.”

Na sua mensagem Agostinho Fernandes dirige-se aos mais novos, referindo que “não é fácil ler o original na tua idade”, por isso com este livro “o trabalho fica facilitado”.

Apesar disso, o autor deixa o desafio às crianças de lerem o original “mais tarde”, pois trata-se de “um dos mais belos e marcantes livros da história da cultura europeia e da humanidade”.

Refira-se que a obra surge de um concurso de ilustração dirigido aos alunos do 2.º e 3.º Ciclos do concelho promovido em conjunto com o autor, a Biblioteca Municipal, as escolas e um conjunto de professores de Educação Visual e Belas Artes.

Ao todo, cerca de 200 alunos trabalharam a obra. Participaram neste concurso 8 turmas do concelho de Vila Nova de Famalicão dos Agrupamentos de Escolas D. Sancho I, Gondifelos, D. Maria II e Camilo Castelo Branco. Os trabalhos repletos de cor, fantasia e criatividade estiveram em exposição na Biblioteca Municipal e saltaram agora para as páginas do livro. e contribuíram com ilustrações originais que foram selecionadas para serem incluídas nesta nova edição da referida obra.

Numa primeira fase realizaram-se encontros com o autor da obra, Agostinho Fernandes, que se deslocou às escolas para abordar e dar a conhecer aos alunos das turmas inscritas no concurso a obra “Aventuras de D. Quixote de La Mancha e de Sancho Pança”. Numa segunda fase do concurso, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer e contactar mais diretamente com as mais diversas técnicas de ilustração para a literatura infantojuvenil, acompanhados e orientados pela Coordenadora do Serviço Educativo e Cultural da Biblioteca Municipal, Maria João Silva, por forma a poderem, individualmente, contribuir com ilustrações originais da sua autoria. Os trabalhos resultantes do concurso de ilustração “As aventura de D. Quixote de La Mancha e Sancho Pança” estiveram em exposição pública no átrio de exposições da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco em dezembro de 2017.

Considerado o primeiro romance moderno, a obra “As Aventuras de D. Quixote de La Mancha e de Sancho Pança” foi eleito em 2002 o melhor livro de todos os tempos por um conjunto de cem escritores nomeados pelo Instituto Nobel.

Agostinho Fernandes é licenciado em Filosofia, ocupou o cargo de Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão durante duas décadas, dedicando-se agora à escrita, com particular incidência na literatura infantil.

 

Fonte: Município de Famalicão e Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco

Imagens:

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária:

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco: 

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Cultura, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.