Crowdfunding | Traduzir ‘Montessori, a Arte de Educar pela Mão da Criança’, de Alexandre Mourot

Crowdfunding | Traduzir ‘Montessori, a Arte de Educar pela Mão da Criança’, de Alexandre Mourot

 

 

 

 

Através da PPL, até 17 de dezembro, está a decorrer a campanha para tradução e lançamento do primeiro documentário Montessoriano em Português, “Montessori, a Arte de Educar pela Mão da Criança”, do realizador Alexandre Mourot que se apaixonou pelo Método Montessori no seu caminho de jovem pai à procura de respostas. O promotor é a Associação Portuguesa Montessori (APM). O

 

 

O realizador de cinema e jovem pai Alexandre Mourot deparou-se com o Método Montessori quando acompanhava o desenvolvimento da sua filha. Movido por curiosidade e paixão, embarcou numa viagem até à primeira escola a aplicar este método, desenvolvido por Maria Montessouri. O documentário daí resultante foi recentemente exibido no Porto/Post/Doc Film & Media Festival e trata-se de um convite à compreensão deste Método, dirigido a todos os pais, educadores, familiares, interessados e curiosos que queiram aprofundá-lo.

Através desta campanha de crowdfunding, a APM pretende traduzir o documentário, desse modo garantindo que chegue até muito mais pessoas, pais e filhos, que podem estar a sentir a necessidade de um método de ensino alternativo.

Alexandre Mourot é realizador de cinema e jovem pai. Acompanhando o processo de crescimento da sua filha, deparou-se com o Método Montessori e decidiu investigar mais. Após um estudo intensivo sobre as suas bases, que o apaixonaram imediatamente, decidiu então gravar um documentário que mostrasse verdadeiramente a essência e magia deste Método.

Durante um ano deixou-se guiar pelas crianças da mais antiga escola Montessori em França, deparando-se com um ambiente surpreendentemente calmo, bonito e pacífico, onde as crianças se moviam livremente e escolhiam trabalhar nas mais diversas actividades disponíveis, sozinhas ou em grupo, e guiadas por um professor extremamente discreto e observador.

No final, compreendeu a origem da autonomia e da autoestima que caracterizam estas crianças, as verdadeiras sementes da sociedade para a qual Maria Montessori trabalhou, baseada na Paz e na Liberdade. Um Método que representa, desta forma, uma verdadeira promessa para as mudanças que tanto sonhamos para a Humanidade.

Absolutamente inovador em relação ao sistema que todos conhecemos como “convencional”, este modelo pedagógico foi criado por Maria Montessori que abriu a sua primeira escola em 1907. Através das suas observações científicas, temperadas por um profundo respeito e amor pelas crianças, compreendeu que o respeito pela personalidade da criança e a existência de um ambiente que fosse de encontro às suas necessidades, permitem que o desenvolvimento do ser humano se processe de forma sólida, equilibrada e feliz, conduzindo a adultos conscientes, autónomos e responsáveis.

A  Associação Portuguesa Montessori (APM)  nasceu com um objetivo muito concreto: apoiar o movimento Montessori em Portugal, difundindo e promovendo os princípios propostos por Maria Montessori e pela Association Montessori Internationale (AMI).

Tem por isso trabalhado no sentido de trazer o método para Portugal e torná-lo acessível a um cada vez maior número de crianças, o que tem feito através da organização de formações para pais e educadores, participação em eventos internacionais e nacionais, bem como inúmeras outras iniciativas que vão de encontro àquele que é um interesse cada vez maior por parte de toda a sociedade.

A educação é cada vez mais vista e reconhecida como um instrumento valioso na mudança do mundo que tanto desejamos, e que só é possível com a introdução de uma forma totalmente nova de olhar e de lidar com as nossas crianças. Aprender a confiar e a seguir a criança e assim ajudá-la rumo a um crescimento com independência, autoconfiança, autodisciplina e consciência social, apenas possível com a criação de um ambiente que permita cultivar a aprendizagem, promover a automotivação e a consciência de si e do outro.

Fonte: PPL

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de multibanco ou netbanking.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.