PSD | Rui Rio (sobre a greve dos juízes): Não concebo que um órgão de soberania possa fazer greve

PSD | Rui Rio (sobre a greve dos juízes): Não concebo que um órgão de soberania possa fazer greve

 

 

 

Rui Rio deixou claro, ontem, 20, estar “totalmente em desacordo que os juízes possam fazer greve”. “Eu não concebo que um órgão de soberania possa fazer greve. Greve fazem os funcionários públicos, não fazem os órgãos de soberania. Os deputados não fazem greve, os ministros não fazem greve, o Presidente da República não faz greve, o primeiro-ministro não faz greve”, acrescentou.

 

 

O Presidente do PSD, Rui Rio, comentou a greve dos juízes, que se inicia hoje, à margem de uma reunião com militantes no distrito de Braga destinada a analisar o Orçamento de Estado para 2019.

Em relação ao Orçamento do Estado, o Presidente do PSD declarou que, quando este “tem um número elevado de cativações, acaba por ele próprio ser uma mentira porque é aprovado um OE no parlamento, mas, depois, o Governo executa daquilo o que lhe apetece, não executa tudo”. Tal mentira, continuou, “é grave para todos os portugueses, mas é particularmente grave para o BE e o PCP que andaram a negociar um determinado Orçamento com o Governo, mas o Governo nem cumpre o que acordou com os seus parceiros”.

O Presidente do PSD voltou a concretizar a questão do défice para explicitar esta realidade: “Este Governo, neste orçamento, a ser assim como está, vai ser aprovado um défice de 975 milhões de euros, mas o Governo diz que só vai ser 385 [milhões]. Para que isso seja verdade, muito daquilo que está como despesa, já sabemos de antemão que não vai ser executado. Ou então, há uma segunda mentira, que é a mentira do próprio défice que é muito superior aquilo que o Governo diz que é. É uma trapalhada”.

 

Fonte: PSD

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

Vila Nova é generalista, independente, plural e gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede. Só um jornalismo forte pode garantir qualidade no serviço oferecido aos leitores.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu contributo, ainda que simbólico, sob a forma de donativo através de multibanco ou netbanking.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Destaque, Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.