Mobilidade | 300 autocarros elétricos vão circular na rede de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto

Mobilidade | 300 autocarros elétricos vão circular na rede de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto

Pub

 

 

 

O Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, afirmou que a Sociedade de Transportes Coletivos do Porto vai contar com mais 86 novos autocarros elétricos de «elevada performance ambiental» do que estava previsto.

 

 

João Pedro Matos Fernandes esteve no Porto, numa sessão de entrega de bicicletas do projeto U-bike, projeto este de âmbito nacional, coordenado pelo IMT e que visa a promoção da mobilidade suave e prevê a realização de ações concretas de incentivo à adoção de hábitos de mobilidade mais sustentáveis nas comunidades académicas do ensino superior. Com enfoque na bicicleta, em particular na elétrica, o projeto incide sobre camadas jovens da população, os alunos do ensino superior, e alarga-se à comunidade académica em geral.

Estas bicicletas serão atribuídas às comunidades académicas, com base em normas definidas por cada Instituição de Ensino Superior e em cumprimento do Regulamento Geral aprovado, visando uma utilização de longa duração por forma a criar hábitos de utilização deste modo de transporte.

O Ministro referiu, na altura, que irão ser entregues novos 86 autocarros elétricos que se irão somar «aos mais de 200 que foram adquiridos e que estão a chegar» para servir a Área Metropolitana do Porto.

Matos Fernandes destacou a importância deste tipo de autocarros «para a qualidade do ar nas cidades» e referiu que o concurso do POSEUR encerrado em outubro, para a aquisição de autocarros de elevada performance ambiental, recebeu 17 candidaturas que perfazem um investimento a rondar os 64 milhões de euros e que vão permitir a aquisição de 118 autocarros movidos a gás e 81 elétricos.

O Ministro sublinhou que «estes dados mostram bem a revolução que está a acontecer no sentido da eletrificação da mobilidade», acrescentando ainda que vão ser investidos 300 milhões de euros na expansão de metro do Porto.

Acrescentando os projetos de mobilidade da Universidade do Porto e do Instituto Politécnico do Porto, Matos Fernandes referiu que está a ser criada «uma revolução e um novo padrão de mobilidade».

Fonte: Governo e U-Bike

Imagens: (0) STCP, (1) Governo

A Vila Nova é generalista, independente, plural e gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede. Só um jornalismo forte pode garantir qualidade no serviço oferecido aos leitores.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu contributo, ainda que simbólico, sob a forma de donativo através de multibanco ou netbanking.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.