Vila Nova de Famalicão

Internacionalização | Identidade industrial de Famalicão mostra-se em Cuba

Internacionalização | Identidade industrial de Famalicão mostra-se em Cuba

 

 

 

Em Cuba ressalta por estes dias a identidade industrial de Vila Nova de Famalicão. Sete empresas famalicenses apresentam-se na FIHAV – Feira Internacional de Havana, integrando a comitiva portuguesa presente no Pavilhão de Portugal, numa participação organizada pela AEP – Associação Empresarial de Portugal, em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Portugal – Cuba, e a que se associou também o Município de Vila Nova de Famalicão, na sequência dos protocolos de cooperação assinados recentemente com a AEP e com aquela Câmara de Comércio.

 

 

A representação famalicense, dinamizada pelo Famalicão Made IN, é garantida pelas empresas Caixiave, Cup & Saucer, CM Socks, Hotelar, NH Clima, Raclac e Seara, o que traduz, na opinião do vereador Augusto Lima, “o apoio efetivo e permanente” do Município às PME de Famalicão, nomeadamente na perspetiva de entrada dos seus produtos ou serviços em novos mercados.

“Com esta presença, estamos a materializar os objetivos desses protocolos, proporcionando às empresas famalicenses, por via do acordo com a AEP, novas oportunidades para reforçarem a sua capacidade exportadora e, por via do acordo com a Câmara de Comércio Portugal-Cuba, a entrada em mercados ainda pouco explorados ”, explica Augusto Lima, que lidera a representação institucional do Município.

No caso concreto de Cuba, o vereador famalicense sublinha que “a FIHAV é um importante meio de entrada de produtos e serviços no país e uma excelente forma de contactar com potenciais parceiros comerciais”. De resto, Cuba é um espaço cada vez mais estratégico para a economia nacional. Enquanto fornecedor daquele país, Portugal subiu da 21ª para a 15ª posição, com as exportações a crescerem de 0,71% para 0,85%, no último ano.

No dia 30 de outubro, o Pavilhão de Portugal foi inaugurado pelo Secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres, acompanhado pelo Vice-Presidente da AEP, Luís Miguel Ribeiro, pelo Embaixador de Portugal em Cuba, Fernando Figueirinhas, pelo Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portugal Cuba, Américo Castro, e por representantes do governo cubano, nomeadamente o Vice-ministro do Comércio Externo de Cuba, Roberto Martinez.

A FIHAV já vai na 36ª edição e termina na próxima sexta-feira, 2 de novembro. Estão presentes nesta feira 3 mil expositores de 60 países.

O presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros cubano, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, presidiu a inauguração da Fihav 2018, a maior feira multissetorial em Cuba, localizada no recinto de feiras da EXPOCUBA, o que atesta da relevãncia do evento.

Yellén Delgado Calvo, em artigo publicado no diário de referência cubano, Granma, citando Rodrigo Malmierca Díaz, ministro do Comércio Exterior e do Investimento Estrangeiro, refere que “num contexto marcado pela vontade do Governo e o Estado cubano de fazerem progressos na atualização do modelo económico, sem deixar desabrigado qualquer cidadão ou aplicar «terapias de choque» usuais no mundo, a Feira é considerada como uma plataforma para promover o negócio nacional e permitir o intercâmbio entre as empresas da Ilha e estrangeiras”.

 

Fonte: Famalicão MadeIN e Granma

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Economia, Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.