Barcelos

Mundo Têxtil | A. Fiúza & Irmão e Universidade do Minho de mãos dadas em projeto inovador destinado ao futebol

Mundo Têxtil | A. Fiúza & Irmão e Universidade do Minho de mãos dadas em projeto inovador destinado ao futebol

Pub

 

 

A A. Fiúza & Irmão, de Barcelos, dos irmãos António e João Fiúza, concluiu um investimento de 1,5 milhões de euros na reorganização da produção, formação e equipamentos, e continua a aposta nas meias funcionais, em particular desportivas, tendo em curso, em parceria com a Universidade do Minho, o desenvolvimento de um produto inovador destinado aos jogadores de futebol, noticiou hoje o Jornal T, publicação especializada em Indústria Têxtil e do Vestuário.

 

 

O 2C2T – Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil da UMinho tem vindo a desenvolver com a A. Fiúza & Irmão peúgas especificamente destinadas à prática de futebol que, além de fazerem compressão, o que facilita a recuperação dos músculos, incorporam sensores que medem o esforço muscular, recolhendo assim informação preciosa para melhorar a metodologia de treino e aumentar a performance desportiva. As peúgas desportivas são hoje o core bussiness da empresa. No entanto, a A. Fiúza e Irmão começou por entrar inicialmente no mercado das meias de compressão produzindo meias destinadas à área da saúde.

O investimento de 1,5 milhões de euros no aumento de capacidade produtiva permitirá à empresa, que fabrica 3,5 milhões de pares de meias/ano, fechar o corrente exercício com um volume de negócios superior a 3,5 milhões de euros, mantendo assim um crescimento anual superior a 2 dígitos.

Fundada há cerca de 35 anos pelos irmãos António e João Fiúza, à época técnicos especializados em teares circulares, a A. Fiúza & Irmão fornece diversas marcas de referência no mundo da moda e desporto de alta competição. Herdeira de um saber fazer de muitas décadas, a empresa, localizada em Rio Covo Stª. Eugénia, Barcelos, entra agora na sua 2ª geração, com um crescimento sustentado.

Ao Jornal T, Pedro Fiúza, diretor comercial desta empresa que exporta toda a sua produção, referiu: “Estamos em todos os segmentos fundamentais: moda, cuidados de saúde e desportos técnicos. E temos uma equipa talentosa focada na máxima qualidade através das mais avançadas fibras, desenhos mais inovadores e máquinas topo de gama”.

 

Fonte: Jornal T

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos. Gostaríamos de poder vir a admitir pelo menos um jornalista a tempo inteiro que dinamizasse a área de reportagem e necessitamos manter e adquirir equipamento. Para além disso, há ainda uma série de outros custos associados à manutenção da Vila Nova na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de multibanco ou netbanking.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Economia

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.