18/10 Vila Nova de Famalicão

Boletim Cultural | “Conta-me a História”: ‘What’s in a Name?’ leva Armando Coelho a Famalicão

Boletim Cultural | “Conta-me a História”: ‘What’s in a Name?’ leva Armando Coelho a Famalicão

 

 

“Cada edição do Boletim Cultural do município de Vila Nova de Famalicão consubstancia o nascimento de um documento histórico de enorme relevância para a cultura e história local que, como se reconhece, é essencial para o conhecimento da história nacional”. É desta forma que o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, inicia o texto de abertura de mais uma edição do Boletim Cultural de Famalicão que já é publicado há 38 anos.

O volume com os números 10 e 11 da IV série do Boletim Cultural vai ser apresentada no próximo dia 18 de outubro, pelas 17h30, no Arquivo Municipal Alberto Sampaio. A cerimónia vai ficar marcada pela realização de uma conferência baseada no trabalho de abertura da publicação “What’s in a name?” de Armando Coelho Ferreira da Silva. Armando Coelho é Professor Catedrático jubilado. Especializado em Proto-história de Portugal – cultura castreja -, os seus estudos são uma referência sobre os modos de vida da Idade de Ferro peninsular. A iniciativa insere-se no ciclo de conferências “Conta-me a História” que o município de Vila Nova de Famalicão tem vindo a promover à volta da sua História e das suas figuras mais proeminentes.

A este propósito, o coordenador do Boletim Cultural, Artur Sá da Costa afirma que “Famalicão: uma Terra – Vila – Nova – com mais de oito séculos de história, selados em 1205, pelo Foral D. Sancho I, vive na angústia de não ser capaz de decifrar o enigma que ensombra o seu nome! Deste vazio, como sabemos, emergiu a lenda popular do “Famelião”, inconsistente e absurda. Há anos que está absolutamente desacreditada e enterrada.”

Com 556 páginas, a publicação divide-se em três capítulos, “História Nacional. História Local”, “Memória. Património. Identidade” e “História do Presente”. A obra reúne um conjunto de trabalhos de investigação sobre a história, cultura e património famalicense da autoria de Adília Fernandes, Álvaro Santos, Amadeu Gonçalves, Ana Bela Morais, António José Queiroz, António Freitas, A. Martins Vieira, Armando Coelho Ferreira da Silva, Artur Sá da Costa, Elzira Machado Rosa, Felisbela Oliveira Leite, Henrique Barreto Nunes, Jorge Manuel Vieira Pamplona, J. Viriato Capela, João Afonso Machado, Jorge Fernandes Alves, José Manuel Lages, José Manuel Lopes Cordeiro, José Manuel Tengarrinha, Luís Gonzaga Cardoso de Almeida, Maria Amália Sequeira Braga, Norberto F. Cunha, Odete Paiva, Rogério Bruno Guimarães Matos, Teresa Maria Fernandes Valente e Vítor Ribeiro.

Refira-se que o Boletim Cultural de Vila Nova de Famalicão teve a sua primeira edição em 1980, a acompanhar o primeiro grupo de boletins culturais publicados por algumas autarquias portuguesas após as primeiras eleições autárquicas nacionais de 1976.

 

Fonte: Município de Famalicão

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos. Gostaríamos de poder vir a admitir pelo menos um jornalista a tempo inteiro que dinamizasse a área de reportagem e necessitamos manter e adquirir equipamento. Para além disso, há ainda uma série de outros custos associados à manutenção da Vila Nova na rede. 

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de multibanco ou netbanking.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Agenda, Cultura, Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.