Moreira de Cónegos, Guimarães

Ensino | Salas de Aprendizagem Inovadoras inauguradas no Agrupamento de Escolas Virgínia de Moura

Ensino | Salas de Aprendizagem Inovadoras inauguradas no Agrupamento de Escolas Virgínia de Moura

 

 

A inauguração das Salas de Aprendizagens Inovadoras e da Sala Multimédia – designadas por Salas do Futuro – no Agrupamento de Escolas Virgínia Moura, em Moreira de Cónegos, decorreu esta quarta-feira, 3 de outubro, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, e a da vereadora da Educação, Adelina Pinto.

 

Na Sala de Aprendizagens Inovadoras os alunos têm acesso às mais recentes tecnologias, numa sala dinâmica, flexível, permitindo aos alunos trabalhar de forma autónoma ou em grupo. O custo final da sala ronda os 41 mil euros, com apoio de empresas locais, das Juntas de Freguesia, de vários Orçamentos Participativos – Escolas e ainda do Município de Guimarães. O Projeto inspira-se na “Future Classroom Lab”, da European Schoolnet, e nos Ambientes Educativos Inovadores da Direção Geral da Educação.

Domingos Bragança elogiou “a dinâmica da escola, a forma empenhada como constrói redes permitindo a oferta presente numa escola do futuro”.

Na Sala Multimédia, aberta a novas aprendizagens, decorreu uma sessão dos alunos na área da robótica. A diretora do Agrupamento, Maria de Jesus Carvalho, explicou que esta sala ainda está em construção, nomeadamente para a implementação da rádio-escola, sendo este um objetivo dos alunos. Nesse sentido, estão a ser contactadas outras empresas e entidades para mecenas do projeto.

A vereadora da Educação do Município de Guimarães, na altura, destacou o trabalho realizado pela escola, citando Séneca: “Não há ventos favoráveis para quem não sabe para onde vai”. Adelina Pinto enalteceu os projetos desenvolvidos pelo agrupamento, fruto da sua liderança, “sabe bem o caminho que quer, mantendo-se na vanguarda da Educação não só no concelho, mas a nível nacional”, vincou.

Estes projetos foram Inspirados no “Future Classroom Lab”, da European Schoolnet, e nos Ambientes Educativos Inovadores, da Direção Geral da Educação, com o objetivo de criar um espaço de trabalho onde alunos e professores possam ir mais além e encontrar respostas para o desenvolvimento de cenários de aprendizagem do século XXI: uma sala de trabalho personalizado – Sala de Aprendizagens Inovadoras – onde o centro de toda a atividade é o aluno em interação com outros alunos e professores.

 

Fonte: Município de Guimarães

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos. Gostaríamos de poder vir a admitir pelo menos um jornalista a tempo inteiro que dinamizasse a área de reportagem e necessitamos manter e adquirir equipamento. Para além disso, há ainda uma série de outros custos associados à manutenção da Vila Nova na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de multibanco ou netbankimg.

 

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Local, Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.