IPCA | Welcome Day 2018-2019 acolhe novos alunos do Ensino Superior em Barcelos

IPCA | Welcome Day 2018-2019 acolhe novos alunos do Ensino Superior em Barcelos

Pub

 

 

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), de Barcelos, recebeu neste ano letivo 820 novos estudantes de licenciatura, 640 dos quais o escolheram como primeira opção. A média mais alta de entrada foi registada no Curso de Design Gráfico, com 178,1, a que se seguiram Design Industrial, com 177,6, e Engenharia de Sistemas Informáticos, com 174,9. No entanto, Gestão de Empresas é o curso em que se apresentam mais candidatos a concurso em 1ª opção.

 

 

A receção aos novos estudantes foi efetuada pela Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, que esteve acompanhada na cerimónia pela Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Fernanda Rollo, e pelo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes no âmbito do Welcome Day IPCA 2018 que decorreu em 17, 19 e 20 deste mês de setembro.

Em sessão que decorreu no respetivo auditório, com lotação esgotada, foram realizadas três sessões de apresentação, uma dirigida aos estudantes de licenciatura do regime diurno, uma para os estudantes dos cursos TESP e outra para os estudantes dos cursos em regime pós-laboral.

A Secretária de Estado, Fernanda Rollo, começou por elogiar o notável percurso do IPCA, nos últimos anos, que “tem sido impressionante e basilar para a construção da identidade e futuro” da região onde se insere e do país.

Aos novos estudantes, Fernanda Rollo deixou uma palavra de incentivo e apelo ao combate ao insucesso académico e abandono escolar. “Em Portugal só 85% da população tem formação superior”. É uma percentagem ainda muito reduzida para aquilo que são as necessidades do nosso país. Dos que ingressam no Ensino Superior, 30% não conclui a formação e o “insucesso e abandono escolar não é o caminho. É uma responsabilidade que é vossa, é nossa, é de todos nós. Falem com as pessoas, professores, colegas…. Exponham as vossas dificuldades. Ninguém pode ficar para trás”, referiu a secretário de estado.

A Secretária de Estado alertou ainda aos novos estudantes que hoje em dia os conhecimentos e as competências técnicas e científicas são importantes, mas cada vez mais os empregadores procuram pessoas que complementam essas competências técnicas com competências transversais e humanistas. Neste sentido desafiou os estudantes a envolverem-se em atividades extracurriculares: “vivam a academia. Vivam a cidade. Vocês são o futuro. É a vocês que vamos entregar o país daqui a uns anos”.

Da parte da Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, ficou o apelo para que vivam intensamente durante a caminhada e o percurso de vida no IPCA para se tornarem melhores profissionais e melhores cidadãos no final do curso. Lançou ainda o repto de preservação do Campus verde, saudável e seguro frisando a importância de cumprir a curto prazo dois grandes objetivos enquanto presidente: “O nosso campus está, ainda, em construção, pois temos dois grandes desafios: a construção de uma residência e apetrechar o terreno recentemente adquirido com equipamento desportivo que sirva toda a comunidade académica”.

O presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, pelo seu lado, prontamente respondeu ao desafio lançado pela Presidente do IPCA referindo que a autarquia fará o que for necessário para apoiar a concretização da construção de uma residência que sirva os estudantes do IPCA.

O autarca apelou ainda ao respeito dos estudantes na relação com a cidade, onde têm de coabitar com o espaço publico, tendo a garantia de que irão encontrar uma cidade aberta e hospitaleira: “Podem fazer tudo em Barcelos. Vou-vos pedir apenas respeito na relação com a comunidade, aliás como tem acontecido até hoje, e até por isto, o IPCA está também de parabéns!”.

Na apresentação institucional, inserida no programa Welcome IPCA, que decorre até dia 20, marcaram ainda presença a Provedora do Estudante, Irene Portela e a Presidente da Associação Académica do IPCA, Sara Ferreira que também tiveram a oportunidade de endereçar umas palavras de apoio e incentivo aos novos estudantes mostrando que são várias as pessoas e serviços que se encontram à sua disposição para os ajudar.

A mesa das apresentações institucionais aos novos estudantes foi moderada pela diretora dos Serviços de Ação Social, Sofia Coelho, e pela diretora da unidade dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais, Rosário Fernandes.

 

PSD congratula-se com trajeto do IPCA

Em visita realizada à instituição de ensino superior barcelense, no passado dia 19, liderada pelo presidente da respetiva Concelhia, José Novais, o PSD de Barcelos congratulou-se com o facto de “mais de 1500 estudantes engrossarem as fileiras de alunos do IPCA, o qual foi opção de escolha de mais de três milhares de estudantes”. De facto, foram mesmo mais de 3500 os candidatos que se propuseram frequentar o instituto politécnico sedeado em Barcelos. José Novais regozijou-se também com os novos projetos em que o IPCA estará envolvido no futuro próximo e que permitirão o desenvolvimento do instituto politécnico.

Aproveitando para fazer uma curta resenha histórica sobre a instalação do estabelecimento de ensino e a sua evolução, José Novais recordou que o IPCA, criado em 19 de Dezembro de 1994, “foi uma aposta ganha pela Câmara Municipal de Barcelos e pelo Governo do Professor Cavaco Silva.” Recorde-se que, tendo instalado a sua sede num palacete situado no gaveto da Avenida Dr. Sidónio Pais com a Rua Cândido da Cunha, a Escola Superior de Gestão iniciaria a sua atividade no ano letivo de 1996/97 no rés-do-chão de [um conjunto de] edifícios residenciais de Arcozelo.

Mais tarde, no ano 2000, sob a presidência de Fernando Reis, também do PSD, a Câmara Municipal de Barcelos, adquiriu o terreno de cinco hectares, em Vila Frescaínha S. Martinho, tendo dele efetuado cedência gratuita e sido realizada a construção do atual Campus do IPCA. Considerao PSD barcelense que, para o contínuo crescimento e sucesso do IPCA, muito contribuíram as presidências dos Professores Doutores Lopes Nunes, João Carvalho e, agora, Maria José Fernandes.

 

Fontes: IPCA e PSD – Barcelos

Imagens: IPCA (0,1,2; divulgação) e PSD  Barcelos (3; divulgação)

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Política, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.