3 a 24/8 | Vila Nova de Famalicão

Devesa Sunset | Sextas-feiras, ao fim da tarde, em Agosto, no fresco verde do parque

Devesa Sunset | Sextas-feiras, ao fim da tarde, em Agosto, no fresco verde do parque

 Para quem vive em Famalicão, sair do trabalho, em todas as sextas-feiras de agosto, e entrar de fim-de-semana em ambiente descontraído, na companhia da família e amigos, é hábito que tem vindo a ser adquirido nos últimos anos. O Devesa Sunset proporciona o som de boa música, grátis, bem como um pôr-do-sol e o fresco verde do Parque da Devesa, junto ao lago, como cenário.

 

 

Tem vindo a ser assim: o Devesa Sunset entrou devagarinho na prática de muitos famalicenses e está aí para continuar. Oportunidade de refrescar a mente e o corpo, sentado ou deitado sobre uma manta de trapilho, eventualmente com uma bebida fresca na mão, pode ser o programa ideal para ocupar os fins de tarde das semanas de trabalho habitualmente mais quentes do ano.

Beatriz Pessoa, a 3 de agosto, Mathilda, no dia 10, Rubel, a 17 de agosto, e Luís Severo, no dia 24, são os artistas convidados da edição deste ano da iniciativa, promovida anualmente pelo Município de Famalicão. Atualmente a programação encontra-se a cargo de Edgar Ferreira. Possivelmente nomes desconhecidos para muitos, estes são músicos com créditos firmados e nomes seguros para os mais atentos às lides dos concertos de música pop, ou afim, mais tranquila.

O arranque do Devesa Sunset dá-se no feminino, com a atuação de Beatriz Pessoa, artista incluída pelo jornal Público na lista dos nomes que vamos encontrar nos próximos anos. Depois de um 2017 repleto de apresentações especiais – EDP Cool Jazz – primeira parte de Jamie Cullum; Festival MED; Festival F; Culturgest; Casa da Música – é no presente ano de 2018 que as canções de toada jazz e estrutura pop da autoria de Beatriz Pessoa se prestam a um novo passo na carreira da compositora lisboeta, com o seu recente EP “II”.

A segunda sessão irá decorrer no dia 10, com um nome promissor da nova música portuguesa. Falamos de Mathilda, alter ego musical de Mafalda Costa, compositora, cantora e instrumentista portuguesa. Ao vivo faz-se acompanhar por Diogo Alves Pinto, mais conhecido pela sua one-man band Gobi Bear. Em novembro de 2017, o seu primeiro lançamento “Lost Between Self Expression and Self Destruction” foi editado com o selo Planalto Records. O single valeu-lhe o lugar de finalista no reputado Festival Termómetro.

VN Online | Devesa Sunset 2018

Segue-se uma das mais recentes revelações da música popular brasileira. O cantor e compositor Rubel está de mala aviadas para Portugal e tem paragem marcada em Vila Nova de Famalicão, no dia 17 de agosto, para o terceiro concerto do Devesa Sunset. Lançou este ano o seu segundo álbum – “Casas” – sucessor do elogiado disco “Pearl”, um álbum despretensioso, que foi ganhando força graças ao “boca a boca” na internet e a um videoclipe assistido mais de 21 milhões de vezes. Neste seu novo trabalho, o compositor mistura influências do rap, da música eletrónica e do samba.

Luís Severo foi o nome escolhido para encerrar, a 24 de agosto, o Devesa Sunset. Iniciou a sua ligação à música na adolescência quando começou a partilhar canções que inicialmente assinava como “Cão da Morte”. Em 2015 editou o seu primeiro disco ‘Cara D’Anjo’ e gravou um segundo álbum, em 2017, intitulado ‘Luís Severo’. Graças a este disco, foi considerado autor do melhor disco português em 2017 para os leitores da Blitz.

VN Online | Devesa Sunset

 

Os concertos são de entrada gratuita e decorrem a partir das 19h00.

 

Pub

Categorias: LifeStyle

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.