5 a 8/7 | Vila Nova de Famalicão

Recriações Históricas | Feira Medieval e Viking, em 2ª ed., relaciona animação com eventos históricos do território

Recriações Históricas | Feira Medieval e Viking, em 2ª ed., relaciona animação com eventos históricos do território

 

A partir de amanhã, quinta-feira, 5 de julho, Vila Nova de Famalicão volta a recordar a passagem e presença dos Vikings no território, hoje em dia atestada por dados bem seguros, com mais uma edição da Feira Medieval e Viking.

 

 

A iniciativa conta com a participação de quase meio milhar de figurantes que, até domingo, vão recriar o ambiente medieval e viking, com músicos, atores, malabaristas, acrobatas, cavaleiros, bailarinas, mercadores, entre outras personagens alusivas à época.

Além da programação, que apresenta como ponto alto o momento do “Assalto ao Castelo” – a ser apresentado nos dias 6, 7 e 8 -, durante os quatro dias de feira os visitantes poderão usufruir de uma forma permanente do mercado medieval, com todo o tipo de tendas mercantis – artesanato e comes e bebes, nomeadamente, jogos medievais e vikings, exposição de animais de grande e pequeno porte, incluindo as tão apreciadas aves de rapina, exposição de artefactos de tortura e morte, bem como recriações de aldeias pré-portuguesa e viking, o que incluirá uma aldeia dos leprosos. Diversos músicos percorrerão o espaço animando-o com música da época. No fundo, não faltarão animações por todo o espaço.

Esta Feira reconstitutiva famalicense começou por ser apenas  de caráter Medieval. Contudo, na última edição, em 2017, procedeu-se a uma adaptação de caráter histórico atendendo à incursão viking ocorrida por este território. Dado o sucesso obtido nesta adaptação, a partir deste ano fica assegurado o registo Medieval e Viking em modo anual.

A feira Medieval e Viking decorre nos jardins da Praça D. Maria II, bem no coração da cidade, e assume-se como uma oportunidade única para contactar de perto com a cultura dos povos oriundos do norte da Europa e de conhecer a sua relação com o concelho famalicense.

A presença Viking no território de Vila Nova de Famalicão é irrefutável, estando devidamente registada nos “Annales Portucalenses Veteres”, que relatam uma incursão de normandos (“homens do Norte”), a 6 de setembro de 1016, no território que hoje é o concelho de Vila Nova de Famalicão.

A Feira Medieval e Viking é promovida pela Escola Profissional CIOR em parceria com o Município de Famalicão.

Feira Medieval e Viking – Escola Profissional CIOR, Vila Nova de Famalicão – trailer

 

 

A CIOR 

A Escola Profissional CIOR é um projeto educativo, formativo e sociocultural cujo caráter formativo incide nas vertentes socioprofissionais.

Desde o seu lançamento, em 1991, a CIOR tem sido agente e parceiro ativo no desenvolvimento da comunidade local e regional onde se insere e que pretende servir, respondendo aos desafios da qualificação dos recursos humanos, da modernização e da competitividade do tecido socioeconómico e empresarial como fatores de progresso, coesão social e bem-estar.

Na atualidade, a CIOR é propriedade da Cooperativa de Ensino de V. N. Famalicão, sendo frequentada por cerca de 400 alunos em cursos de Instalações Elétricas, Animação Sociocultural, Eletrónica, Automação e Comando ou Restauro de Automóvel Clássico, entre outros.

 

Pub

Categorias: Cultura, LifeStyle

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.