2/6 | Barcelos

Educação | Sameiro Araújo: Educar Olhando em Frente é resultado de permanente reflexão

Educação | Sameiro Araújo: Educar Olhando em Frente é resultado de permanente reflexão

Pub

 

No próximo sábado, 2 de junho, pelas 12h00, Maria do Sameiro Araújo, psicóloga, diretora do Centro Clínico Educacional Personalizar, lança o seu segundo livro – Educar Olhando em Frente -, pela editora Coisas de Ler, na Bibiblioteca Municipal de Barcelos, sua cidade natal.

.

.

Educar Olhando em Frente resulta da experiência de Sameiro Araújo como da mãe, psicóloga e professora com muitos anos de prática profissional em contextos clínico e educacional. “Penso que a inquietação resultante da permanente reflexão que fui construindo a partir dos desafios vividos, tanto no meu próprio papel de mãe como no trabalho com pais, filhos e educadores, assim como com as suas dificuldades e preocupações, me terá sensibilizado para a importância de passar à escrita algumas destas reflexões.”

Sobre o mesmo, Virgínia Rocha, Psiquiatra da Infância e da Adolescência, refere que, finalmente, pais e educadores têm  um livro dedicado à parentalidade sem a tentação de servir de “livro de instruções”, fazendo-o “à luz de um saber consolidado aplicado à sua experiência como psicóloga e mãe”, e desafiando-nos, “a cada momento, a refletir e a transformar o dia-a-dia das nossas famílias numa vivência mais feliz.” Por seu turno, o Pediatra Luís Santos, recorda a hercúlea tarefa de educar nas sociedades democráticas, abertas, consumistas, com grande desenvolvimento tecnológico e ritmo de vida frenético pelo que a autora, ao colocar “o foco na necessidade de consciencialização dos mesmos e apontando estratégias para a sua resolução”, aporta, “indiscutivelmente, um livro de utilidade diária para pais e educadores em geral.”

Sameiro Araújo revê o seu passado e assume que o seu “caminho de escrita foi assumindo diferentes contornos, com diferentes focos de atenção e de abordagem, por vezes em autoria, outras em coautoria.” Assim, numa primeira fase da sua vida académica e profissional, em que trabalhou e colaborou com investigadores e académicos mais experimentados da área da Educação e da Clínica, como os Professores Leandro Almeida e Miguel Gonçalves, Sameiro Araújo refere que efetuou “investigação e publicação de artigos científicos sobre o impacto de metodologias de avaliação cognitiva e sobre a relação entre níveis elevados de ansiedade de pais e de filhos.”

Posteriormente, começou a escrever para um público mais abrangente, em 2008. Iniciou-se então na escrita de crónicas assumindo “a rubrica Olhar em Frente, no Jornal de Barcelos, em que a reflexão sobre o papel da família, em particular da relevância da compreensão da relação entre as suas interações e o desenvolvimento dos seus filhos, foi muito presente.” Seria precisamente em função do feedback decorrido de alguns desses artigos que surgiu o ponto de partida para a escrita do livro ora dado a conhecer ao público.

Pelo meio, Sameiro Araújo teve ainda tempo e espaço para a investigação e para uma escrita num registo mais académico, “sobre a temática das representações parentais de educação e de escola e suas relações com o sucesso escolar dos filhos”, o que ocorreu no âmbito do seu doutoramento em Psicologia, orientado pelos Professores Leandro Almeida e Eugénia Ribeiro. Este trabalho daria origem ao seu primeiro livro “Família, Escola e Sucesso Escolar”. Esta publicação, prefaciada pelo Professor Daniel Sampaio, “proporcionou bons momentos de discussão e de reflexão com diferentes públicos, em diferentes formatos e em diferentes contextos e lugares do nosso país.” Tais reflexões, aliadas ao feedback anteriormente referido, conduziram a autora “à compreensão da importância de produzir textos mais simples e mais orientadores, potencialmente mais acessíveis a pais e a educadores, o principal público que solicita as minhas formações, palestras e workshops em Escolas, Jardins-de-infância e Bibliotecas e, muito em particular, que procura as minhas consultas de Psicologia.”

Sobre o o título do livro, Sameiro Araújo assinala que este “possui também a intenção clara de apontar como perspetiva educativa o desenvolvimento de competências internas generalizadas, que permitam atingir objetivos de longo prazo, muito além de conseguir resultados de curto prazo no momento em que a ação educativa é exercida, ideia desenvolvida ao longo dos diferentes capítulos.

Assim, na sua perspetiva, “a leitura deste livro, além de permitir uma melhor compreensão de vários temas que assumem grande importância no percurso de desenvolvimento das relações entre pais, filhos e educadores, poderá possibilitar, pela introdução da compreensão dos princípios da parentalidade consciente e da atenção plena, que pais e educadores possam delas se aproximar”, intenção da autora com a escrita deste livro, “deste modo permitindo aos pais a possibilidade de se poderem deter, de forma mais atenta e detalhada, e ao seu próprio ritmo, em alguma destas questões.”

Educar Olhando em Frente é um livro com indicações práticas. “Para facilitar momentos de insight e de integração de conceitos e sua aplicação, vou apresentando, no decurso da exploração das diferentes temáticas, algumas tarefas que, na verdade, se pretendem constituir como desafios. A maior parte deles correspondem a exercícios e sugestões que, de uma forma muito espontânea, foram surgindo no meu percurso de mãe, outros no de profissional da psicologia e, na maioria das vezes, do cruzamento dos dois papéis. Alguns dos exercícios traduzem-se em propostas para realizar no plano pessoal, no sentido de criar momentos de identificação que facilitem a reflexão e a interiorização dos mesmos. Aquilo que descrevo no primeiro capítulo como a experiência de apropriação do conceito de aceitação proporcionada pela leitura (mil vezes contemplada) do poema The Guest House, de Rumi. Outros exercícios poderão ser aplicados com o parceiro ou parceira na tarefa da parentalidade, habitualmente o pai ou a mãe dos filhos. Já algumas propostas destinam-se a ser aplicados em família, ou junto de grupos de crianças e jovens.”

O livro Educar Olhando em Frente conta também com a participação de Alberto Rocha e Ana Isabel Almeida, da Associação Nacional para o Estudo e Intervenção na Sobredotação (ANEIS), na abordagem do tema da sobredotação, do terceiro capítulo deste livro, dedicado ao envolvimento na vida escolar dos filhos.

.

Maria do Sameiro Araújo é psicóloga licenciada pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, e posteriormente Mestre e Doutorada em Psicologia, pela Escola de Psicologia da Universidade do Minho, com especializações nas áreas de Neuropsicologia e Necessidades Educativas Especiais.

Com uma vasta experiência profissional na área da psicoterapia, inscrita na Ordem dos Psicólogos Portugueses, possui formação pós-graduada em Terapia Familiar, pelo Colégio Universitário de Altos Estudos, encontrando-se em processo de reconhecimento desta especialidade pela OPP.

Foi docente requisitada na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, entre 1996 e 2004, e psicóloga do Serviço de Psicologia e Orientação da mesma faculdade, entre 2004 e 2006.

Sameiro Araújo desenvolve atividade profissional também na área da docência, sendo atualmente Professora e Coordenadora do Serviço de Educação Especial da Escola Secundária Henrique Medina, em Esposende. No âmbito da sua atividade privada, exerce o cargo de diretora no Personalizar: Centro Clínico-Educacional, em Barcelos, onde trabalha como psicóloga e como coordenadora do Serviço de Consulta desde 1996.

Para além disso, Sameiro Araújo tem desenvolvido um extenso trabalho como conferencista em congressos e outros eventos da área da Psicologia e da Educação, em diversos pontos do país, mas também em Espanha e no Brasil.

É coautora do manual ABC do Emprego publicado em 1994 pelo Instituto de Formação Profissional de Braga e possui um vasto número de artigos em revistas e outras publicações de especialidade.

Em 2015 publicou, na Editora Coisas de Ler, o livro Família, Escola e Sucesso Escolar. Este livro, resultante da investigação do seu doutoramento, orientado pelos Professores Leandro Almeida e Eugénia Ribeiro da Universidade do Minho, tem prefácio do Psiquiatra Daniel Sampaio.

Com participações na comunicação social colaborou em 2008 num programa sobre bem-estar e saúde mental, passado na RTP1. Em março de 2008 assumiu, no Jornal de Barcelos, a rubrica Olhar em Frente, que serviu de inspiração para a escrita deste livro.

Maria do Sameiro Araújo desenvolveu também um modelo original de intervenção, sob a designação VOU MUDAR, que aplicou no programa Eu Controlo o Stress e a Ansiedade, como descrito neste livro, e no Programa de Intervenção na Parentalidade Educar Olhando em Frente, assim como no Curso Prático de Intervenção na Parentalidade com o mesmo nome.

VN Online | Sameiro Araújo - Educar olhando em frente

 

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Pedro Costa

Diretor e editor.

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.