29/5 | Vila Nova de Famalicão

Nanotech Awards | CeNTI e INL distinguem inovação em nanotecnologia nos setores tradicionais da indústria

Nanotech Awards | CeNTI e INL distinguem inovação em nanotecnologia nos setores tradicionais da indústria

Distinguir exemplos de inovação e mostrar como a nanotecnologia está a transformar os setores tradicionais da indústria em Portugal são os objetivos principais do Nanotech Awards, um concurso que está a ser promovido por dois dos maiores centros tecnológicos do país nesta área, o CeNTI e o Instituto Ibérico de Nanotecnologia – INL 

.

.

A ideia é premiar e divulgar projetos inovadores, com forte impacto dentro das empresas e respetivos setores, e que resultaram em novos produtos e serviços de grande valor acrescentado, com forte potencial de comercialização e internacionalização. Serão atribuídos prémios monetários aos três melhores projetos e os resultados do concurso serão dados a conhecer num evento previsto para o final do mês na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão

As candidaturas ao Nanotech Awards estiveram abertas até ao próximo dia 11 de maio e os três projetos vencedores, forçosamente inovadores, irão ser conhecidos numa iniciativa que pretende ser catalisadora da imagem do Norte de Portugal como polo de inovação internacional ao nível da nanotecnologia e que acontece na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão no próximo dia 29 deste mês.

O concurso Nanotech Awards e o respetivo evento de divulgação decorrem no âmbito do Projeto Nanotech@NortePT, promovido pelo CeNTI e pelo INL. Este projeto, agora em fase de finalização, pretende afirmar o Norte de Portugal como região pioneira na utilização da Nanotecnologia e reúne um alargado conjunto de entidades, empresas, especialistas, investigadores e instituições científicas com o objetivo comum de sensibilizar e apoiar as empresas para investir na nanotecnologia, acrescentar valor, criar produtos inovadores, antecipando o futuro e respondendo aos novos desafios dos mercados nacionais e internacionais.

.

O CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligente

O CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes é um centro de investigação com uma forte ligação ao tecido empresarial e à indústria. O CeNTI foi fundado em 2006, tem atualmente mais de 70 colaboradores e está vocacionado para o desenvolvimento de novos produtos e soluções, tendo por base a nanotecnologia, além de materiais funcionais e inteligentes. Resultante de uma parceira entre três universidades – Aveiro, Minho e Porto – e três entidades tecnológicas nomeadamente o CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal, o CTIC – Centro Tecnológico das Indústrias do Couro e o CEIIA – Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel.

Ao longo dos 12 anos de atividade, o CeNTI já participou em mais de 170 projetos com a indústria, 20 projetos europeus, 111 projetos financiados a nível Nacional, 30 projetos diretos e 9 projetos em investigação fundamental, apoiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Atualmente, está envolvido em 40 projetos no âmbito do PT2020, 12 projetos H2020 e 45 projetos diretos com clientes nas mais diversas áreas de aplicação.

O CeNTI está atualmente envolvido, como proprietário, coproprietário e/ou inventor, em 57 pedidos de patente em diversas geografias, dos quais 7 pedidos estão já concedidos.

.

Sobre o INL

O INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia é a primeira Organização Intergovernamental da Europa e resultado da cooperação entre Portugal e Espanha nas áreas de Nanotecnologia e Nanociênciauma. Foi criada em 2005 e encontra-se sedeada em Braga, tem como missão fomentar a investigação interdisciplinar em Nanotecnologia e Nanociência.

Com o objetivo de se tornar parte vital da área científica da Europa, o INL oferece um ambiente de pesquisa de última geração que aborda os principais desafios da nanomedicina, nanotecnologia aplicada à nanoeletrônica ambiental e de controle de alimentos e nanomáquinas e manipulação molecular em nanoescala.

O INL busca avançar os limites do conhecimento em Nanociência e Nanotecnologia, desenvolvendo e transformando as tecnologias associadas, por meio de pesquisa e inovação, desenvolvimento do capital humano e trabalho colaborativo, para a descoberta de novos conhecimentos e a criação de valor e riqueza da sociedade.

No desenvolvimento da sua estratégia, o INL pretende estabelecer fortes colaborações com parceiros industriais e instituições de pesquisa académica, através da participação ativa em programas de pesquisa internacionais.

No seu campus, o INL espera ocupar 200 cientistas e 1 centena de estudantes de doutoramento.

.

Pub

Categorias: Agenda, Ciência

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.