15 a 30/5 | Vila Nova de Famalicão

Famílias | Município homenageia jovens famílias numerosas. Mês da Família contempla programa com diversas atividades

Famílias | Município homenageia jovens famílias numerosas. Mês da Família contempla programa com diversas atividades

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai homenagear os casais jovens com mais filhos do concelho, no âmbito do programa comemorativo do Mês da Família que se assinala em maio com um conjunto diversificado de atividades destinadas a toda a população.

.

.

Depois de, em 2014, a autarquia ter distinguido as famílias com mais membros do concelho, é agora a vez de premiar os casais jovens que decidem fugir às estatísticas, contrariando a atual tendência da baixa natalidade e optando por construir uma família numerosa.

A família é “a maior riqueza que podemos ter.” Considerando que na família reside a base de tudo, Paulo Cunha, o atual edil famalicense refere que  a Câmara Municipal de Famalicão pretende, através desta iniciativa, “salientar o papel e a importância da família nos dias de hoje.”

A simbólica homenagem irá acontecer a 20 de maio, no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Família, que vão decorrer no Parque da Devesa. Numa tarde que promete ser de festa, o programa inicia-se pelas 15h00, com o espetáculo circense “O Pé descalço”, a cargo do Instituto Nacional das Artes do Circo e encerra com a entoação do Hino da Família pelos alunos do Conservatório de Música de Famalicão da ArtEduca.

Mas, em Vila Nova de Famalicão, as comemorações da Família duram todo o mês de maio, com momentos de animação, artísticos e de debate.

N dia 15, Dia Internacional da Família, o palco do Centro de Estudos Camilianos, em S. Miguel de Seide irá acolher a peça de teatro dirigida aos jovens intitulada “ID, a Tua Marca na Net”.

Destaque ainda para a iniciativa “Converseta em Família”, com o tema “A primeira cumplicidade”, a ocorrer na Fundação Castro Alves, no dia 30 de maio, pelas 21h00.

Paulo Cunha lembra ainda que  o objetivo deste programa “é envolver o maior número possível de famalicenses de várias faixas etárias nas iniciativas, por forma a promover a intergeracionalidade e estimular os afetos e a partilha. Nos dias de hoje é importante refletir sobre o conceito de família”, pelo que esta pode ser uma uma excelente oportunidade para o efeito.

Imagem de destaque: Pixabay.

.

 

Pub

Categorias: Agenda, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.