1/5 | Vila Nova de Famalicão

Direitos das Crianças | Caminhada do Mês Internacional da Prevenção dos Maus Tratos na Infância realiza-se amanhã

Direitos das Crianças | Caminhada do Mês Internacional da Prevenção dos Maus Tratos na Infância realiza-se amanhã

Pub

A caminhada pelos direitos das crianças, inserida mas comemorações do Mês Internacional da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, organizada pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Vila Nova de Famalicão,  realiza-se amanhã, dia 1 de Maio, Dia do Trabalhador. A iniciativa esteve inicialmente marcada para o último domingo mas foi adiada em virtude do mau tempo.

O início está marcado para as 10h00, nos Paços do concelho, seguindo pela Rua Adriano Pinto Basto, Praça Dona Maria II, Rua Vasconcelos e Castro, Avenida Marechal Humberto Delgado, Alameda Sá Carneiro e termina no Parque da Devesa. Aqui decorrerá uma caça aos Direitos das Crianças. Para serem abrangidos pelo seguro da iniciativa os interessados devem indicar nome completo e data de nascimento para o mail cpcjvnfamalicao@gmail.com até ao final do dia de hoje. Todos os participantes terão direito a um kit de participação e uma t-shirt.

Refira-se que, desde o início do mês, várias centenas de crianças do concelho têm desenvolvido operações STOP em conjunto com as forças policiais da PSP e da GNR. Devidamente fardadas a rigor, as crianças abordam os condutores explicando os objetivos da campanha de sensibilização para a prevenção dos maus tratos infantis e relembrando alguns dos direitos que lhes assistem.

VNONLINE | CartazParalelamente têm decorrido também várias ações de sensibilização, tais como a realização de um laço humano em cada escola e outras entidades, que decorreu no passado dia 27, pelas 12h00, iniciativa esta realizada a nível nacional, bem como a construção de um laço azul, o qual foi colocado na fachada dos edifícios das instituições aderentes com o propósito de sensibilizar a comunidade em geral para a problemática dos maus tratos a crianças e a jovens, mas também ações específicas realizadas nas escolas e junto de grupos específicos que o pretendessem. Estas atividades foram promovidas pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em colaboração com a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e com as forças policiais da PSP e da GNR e poderão prolongar-se no tempo a pedido das instituições interessadas.

A campanha do Laço Azul iniciou-se em 1989, na Virgínia, nos Estados Unidos da América, quando uma avó, Bonnie W. Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro, esta pretendia ser questionada do porquê do seu ato, pois assim relataria o infortúnio de ter assistido à morte do neto, vítima de violência infligida pelos pais, sensibilizando as pessoas para os maus tratos contra as crianças e jovens. Esta avó escolheu a cor azul porque  não queria esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos. O azul servir-lhe-ia como um lembrete constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus-tratos.

A história de Bonnie Finney demonstra-nos como o efeito da preocupação de um único cidadão pode despertar as consciências do público em geral, relativamente aos maus-tratos contra as crianças, na sua prevenção e na promoção e proteção dos seus direitos.

.

Pub

Categorias: Agenda

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.